Clique e assine a partir de 8,90/mês

A curiosa relação entre churrasco, futebol e poluição do ar no Chile

Nos dias em que a seleção chilena joga, o céu de Santiago fica mais poluído. Cientistas já sabem por quê.

Por Guilherme Eler - Atualizado em 5 jun 2020, 16h40 - Publicado em 20 Maio 2020, 15h33

A seleção chilena se sagrou bicampeã da Copa América em 2016. No dia da decisão, contra a Argentina, a capital Santiago ficou mais poluída que de costume, mesmo com o jogo acontecendo nos Estados Unidos.

É assim sempre que o time nacional joga, seja onde for: quando há futebol, a quantidade de fumaça lançada na atmosfera pode ser até dez vezes maior do que em um dia comum.

Um estudo que analisou o céu de Santiago entre 2014 e 2016 resolveu o mistério: a fumaça vem das churrasqueiras dos fãs de futebol. A pesquisa estima que, só na final de 2016, 100 mil churrascos aconteceram na capital do país. Isso é que é fome de bola.

Publicidade