Clique e assine a partir de 5,90/mês

Asteroide é nomeado em homenagem a Freddie Mercury

O vocalista do Queen, que faria 70 anos hoje, morreu no mesmo ano em que o asteroide foi descoberto

Por Helô D'Angelo - Atualizado em 4 nov 2016, 19h18 - Publicado em 5 set 2016, 19h30

Depois da Constelação Bowie, outra homenagem a um astro terráqueo foi escrita no céu: ontem (4), astrônomos da União Astronômica Internacional deram a um asteroide do sistema solar o nome de Freddie Mercury, antigo vocalista do Queen que faria 70 anos hoje, 5 de setembro. 

O sortudo é o Asteroide 17473, que a partir de hoje será conhecido como Asteroide 17473 Freddiemercury, em homenagem à influência que o músico tem até hoje, mesmo 25 anos depois da sua morte. 

Descoberto em 1991 – ano da morte do cantor -, o corpo celeste pertence ao cinturão que orbita entre Jupiter e Marte. Em termos astronômicos, é relativamente pequeno: tem apenas 3,20 km de largura, o que faz com que ele só reflita cerca de 30% da luz que chega até ele – e de forma intermitente, já que ele está em constante e rápido movimento. Dá para ver o Freddiemercury nesse gif montado a partir de imagens do telescópio da União Astronômica Internacional:

Por causa do tamanho e da pouca luz que o asteroide reflete, é muito difícil de enxergá-lo aqui da Terra – para vê-lo, você precisa de um telescópio bem poderoso. Pode até parecer que os astrônomos escolheram mal a homenagem, mas se você parar para pensar, faz sentido: na música Don’t Stop Me Now, Freddie canta: “Sou uma estrela cadente piscando no céu”. 

O presente estrelar foi anunciado, em vídeo, pelo guitarrista do Queen e grande amigo de Freddie, Brian May, na festa Freddie For a Day, no Cassino Montreux, nos EUA – uma comemoração anual que reuniu, esse ano, 1.250 fãs da banda. 

Assista ao anúncio de Brian May (em inglês): 

 

Continua após a publicidade
Publicidade