Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Café faz bem?

Pesquisa revela que a bebida, igerida com moderação, afasta a depressão e a dependência química.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 31 jul 2001, 22h00

Maria Fernanda Vomero

O café já foi considerado inimigo do coração, por culpa da cafeína. Mas uma pesquisa do médico Darcy Roberto Lima, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, vem reabilitar a fama do cafezinho. Por uma década, Darcy acompanhou 106 000 estudantes de 10 a 20 anos em seis Estados. E constatou que os jovens que tomavam café todos os dias apresentavam menor incidência de depressão e dependência química. Darcy está empenhado agora em incentivar as escolas a incluir na merenda o café com leite. “O projeto está em implantação em escolas de Minas Gerais e vou levá-lo ao Congresso Nacional”, diz o médico. Os benefícios do cafezinho, segundo ele, se devem aos ácidos clorogênios, substâncias responsáveis por estimular as áreas de satisfação do cérebro. Esses ácidos também atenuam o efeito nocivo da cafeína. Agora, a Federação Mundial de Cardiologia vai iniciar uma pesquisa com 40 000 pessoas de vários países para verificar se o café prejudica o coração ou se essa idéia não passa de mito.

Publicidade