GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Celulose fabricada em laboratório

O cimento natural que dá rigidez às células vegetais pode ser usado como medicamento contra tumores causados por vírus.

O feito é de uma equipe de químicos japoneses da Universidade de Kyoto. Eles conseguiram, pela primeira vez, sintetizar em laboratório o polímero natural mais abundante do planeta, a celulose. Polímero é todo material composto de grupos de moléculas que se repetem em cadeia. A celulose é formada por dois açúcares, um deles, a glucose, o mesmo encontrado no milho. Existem mais de cinqüenta polímeros de glucose. Mas o modo como essa interligação é feita dá à celulose propriedades especiais. Na natureza, ela funciona como um cimento. É a principal responsável pela rigidez das células das plantas. A dificuldade em fabricar o polímero em laboratório é que, deixadas por sua própria conta, as moléculas de glucose não se alinham da maneira correta. Os cientistas do Japão acharam uma solução. Mergulharam a glucose em reagentes especiais e as moléculas acabaram se acomodando na forma certa. Os químicos estão animados. A celulose sintética pode se tornar uma importante matéria-prima para anticoagulantes e remédios que atacam tumores causados por vírus.