GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Criado para lançar satélites, maior avião do mundo voa pela primeira vez

O Stratolaunch possui envergadura maior que o comprimento de um campo de futebol, e pretende baratear os custos de voos para o espaço

O Stratolaunch, maior aeronave do mundo, conseguiu chegar aos céus. O avião tem uma aparência curiosa, com corpo duplo (veja imagem acima), mas o que impressiona mesmo é sua envergadura (distância de uma asa a outra) de 117 metros, maior que o comprimento de um campo de futebol — e três vezes maior que a altura do primeiro voo dos irmãos Wright. Ele possui 6 motores, 28 rodas, e, vazio, pesa 226 toneladas (contra as 161 de um Boeing 787-8, por exemplo). E pode mudar totalmente a forma como lançamos veículos ao espaço.

A aeronave foi projetada pela Stratolaunch Systems Corp., empresa fundada pelo falecido Paul G. Allen, co-fundador da Microsoft. A empresa originalmente tinha planos para desenvolver uma linha de veículos espaciais, incluindo aeronaves com tripulação. Outro sonho de Allen era projetar um avião gigante que fosse uma plataforma de lançamento espacial móvel, e permitisse acesso ao espaço aéreo de forma mais conveniente, acessível e barata.

A Stratolaunch foi desenvolvida especificamente para transportar satélites e foguetes até a chamada “órbita baixa” da Terra — ou seja, no início da estratosfera. A asa central da aeronave foi projetada para carregar veículos de lançamento espacial, com peso combinado de até 230.000 kg.

A ideia é que, quando a aeronave chegar a uma altitude de 10.970 m (36.000 pés), sua asa do meio se torne uma rampa de lançamento móvel, da qual sairiam foguetes carregando satélites – diretamente na borda da órbita terrestre. Isso tornará o caminho até o espaço mais fácil e barato do que se o veículo saísse do solo, porque exigirá muito menos combustível.

Simulação de um lançamento de foguete pelo Stratolaunch.

Simulação de um lançamento de foguete pelo Stratolaunch. (Stratolaunch/Reprodução)

No primeiro teste, a aeronave passou 2 horas e meia voando acima do Deserto de Mojave, nos Estados Unidos, em altitudes de até 17.000 pés (5.180 metros). O avião atingiu velocidades de 304 km/h e realizou várias manobras de controle de vôo, incluindo manobras de guinada e deslizamentos laterais. O primeiro lançamento oficial está prometido para o próximo ano.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s