Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Empresa cria método para fazer petróleo sintético

Se der certo, processo pode tornar a gasolina um combustível tão limpo quanto o etanol.

Por Bruno Garattoni 20 ago 2021, 07h55

Os carros a álcool também emitem CO2, assim como os veículos a gasolina ou diesel. Mas há uma diferença: a cana-de-açúcar, matéria-prima do etanol, suga CO2 do ar para crescer. Ou seja, a própria produção do álcool retira da atmosfera grande parte do carbono liberado na queima dele. A empresa inglesa Zero Petroleum pretende fazer algo similar com a gasolina – usando CO2 capturado da atmosfera para produzir uma espécie de biopetróleo. 

Isso já foi tentado, mas nunca chegou a ser economicamente viável. A Zero Petroleum diz ter criado um processo de alto rendimento, que usa CO2, água e eletricidade de fontes limpas: 1,46 kg de água e 3 kg de CO2 já seriam suficientes para produzir 1 kg de biopetróleo (e 3,5 kg de oxigênio).

A água é submetida à eletrólise, separando o oxigênio do hidrogênio. Em seguida, o CO2 é transformado em monóxido de carbono (CO), que é combinado com o hidrogênio. O resultado é um hidrocarboneto similar ao petróleo fóssil – que pode virar gasolina ou ser usado na indústria petroquímica.

Publicidade