GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Não é só glitter: 800 milhões de vírus caem do céu todos os dias

Estudo foi realizado por cientistas canadenses, norte-americanos e espanhóis

Um número assustador de vírus está circulando pela atmosfera da Terra – e caindo do céu. É o que afirma uma pesquisa realizada em conjunto por cientistas do Canadá, Espanha e Estados Unidos.

Vírus, como bactérias, são varridos para atmosfera em pequenas partículas de poeira do solo – ou com a maresia. A ideia dos cientistas era entender quanto deste material é carregado a uma altitude que varia entre 2,5 mil e 3 mil metros. Nessa camada da atmosfera, os vírus voadores podem percorrer longas distâncias – o que não acontece em voos mais baixos.

Curtis Suttle, virologista da Universidade da Columbia Britânica e um dos principais autores do estudo, comentou as descobertas. “Há cerca de 20 anos nós começamos a encontrar vírus geneticamente similares circulando em diversos ambientes ao redor do planeta. A preponderância de vírus de longa estadia viajando pela atmosfera explica isso – e é bem concebível ter um vírus levado de um continente a outro”, afirma.

A taxa de deposição de vírus na atmosfera é algo entre 9 e 461 vezes maior que a de deposição de bactérias. São 800 milhões deles por metro quadrado de atmosfera, em média. Mas calma: o fato de que agora sabemos esses números não significa que essa chuva de seres microscópicos tenha se tornado repentinamente preocupante. Isso sempre aconteceu debaixo do nosso nariz. E nem todo vírus que pousa em uma nova casa encontra condições ambientais adequadas para se disseminar.