GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

NASA lança pôsteres inspirados em filmes de terror – veja o que significam

Os pôsteres decorativos são guias sobre exoplanetas – e contam com sistemas solares zumbis, galáxias de horrores e um novo lar sideral para o Conde Drácula.

Em comemoração ao Halloween, a NASA lançou pôsteres e mapas interativos inspirados na ficção científica para fazer ciência de verdade – e contar a história e as características de exoplanetas.

Exoplanetas nada mais são do que planetas que orbitam estrelas que não sejam o Sol, ou seja, que estão fora do Sistema Solar. A agência começou a catalogar os exoplanetas nos anos 1990, e hoje a lista já soma mais de 4000 astros. Além de conter uma descrição divertida de cada planeta, as ilustrações também mostram o ano em que cada um foi descoberto.

O especial de Halloween é dividido em duas coleções: “Galáxia dos Horrores” e “Universo dos Monstros”. A primeira contém ilustrações que anunciam os planetas como se fossem filmes de ficção científica vintage – com direito a trailer e tudo.

 (NASA/NASA)

O primeiro pôster da coleção retrata a atmosfera dilacerante do planeta HD 189733 b. O ar é repleto de nuvens que contém pedacinhos de vidro, e ventos que chegam a 2 quilômetros por segundo. Não é a toa que o pôster divulga “uma morte por milhões de cortes”.

 (NASA/NASA)

Os próximos são os planetas zumbis: Poltergeist, Draugr e Phobetor. Eles orbitam um pulsar, uma estrela de nêutrons deixada para trás quando uma estrela supermassiva usou todo seu combustível e entrou em colapso – em outras palavras, “morreu”. Segundo o pôster, os três planetas “estão presas em órbita de uma terrível estrela zumbi”.

A coleção ainda explora as características do 55 Cancri – planeta totalmente coberto por lava -, o TrEs-2b – o planeta mais escuro já encontrado orbitando uma estrela – e outros dois exoplanetas.

 (Reprodução/NASA)

A segunda coleção usa personagens de terror clássicos da literatura para explicar as características dos exoplanetas. O Conde Drácula, por exemplo, talvez gostasse de morar em YZ Ceti d, um planeta que possui um lado totalmente escuro, enquanto o outro é banhado pela luz de um sol vermelho-sangue.

 (Reprodução/NASA)

Na história original, Frankenstein foi completamente rejeitado pelos humanos e passou a viver em isolamento. A NASA escolheu o HAT-P-11b para ser o lar do monstro. O céu do planeta é repleto de raios, lembrando a atmosfera da noite em que ele nasceu. 

A NASA ainda propõe a Proxima Centauri b para a Múmia, o TRAPPIST-1b para o Lobisomem e outros dois exoplanetas para esqueletos e zumbis.

Inicialmente, os pôsteres não foram feitos para o público. Na verdade, eles deveriam ser apenas parte da decoração de Halloween da NASA. Perto da data comemorativa, os corredores do departamento que pesquisa exoplanetas estavam vazios.

Os cientistas queriam decorar o local com algo que remetesse ao seu objeto de estudo, mas não existem muitas fotos ou representações fiéis dos exoplanetas. A equipe de design da NASA ficou responsável por fazer representações mais criativas dos planetas – e o resultado ficou bom demais para não ser divulgado.

A iniciativa veio a calhar para a agência espacial. “As pessoas normalmente estão interessadas em encontrar exoplanetas que possam abrigar vida, mas existe uma variedade de planetas completamente diferentes da Terra que podem ser incríveis e misteriosos”, diz Thalia Rivera, que liderou o desenvolvimento dos pôsteres.

Para os fãs mais ávidos, a NASA disponibilizou o download gratuito em alta qualidade de dois pôsteres, que você encontra aqui.