GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O buraco negro que foi descoberto por acidente

Estudantes do MIT e Harvard queriam investigar um asteroide, mas encontraram algo bem maior.

Você fez algo em sua graduação do qual sinta orgulho? Bem, alunos do MIT e Harvard construíram um equipamento para uma sonda da Nasa lançada ao espaço. A missão estuda o asteroide Bennu – um dos candidatos a atingir a Terra no futuro.

O equipamento, chamado Rexis, foi projetado para medir os raios X emitidos por Bennu. Mas, ao analisar os dados, os estudantes encontraram uma enorme quantidade de energia em um ponto distante. E descobriram, sem querer, que ali havia um buraco negro gigantesco, o Maxi J0637-430.

Para ser justo, eles não foram os primeiros a avistar o gigante – uma semana antes, o telescópio japonês Maxi já havia notado o buraco negro quando ele começou a engolir uma estrela próxima e liberar energia.

A diferença é que, enquanto o instrumento japonês opera da ISS, na órbita da Terra, o Rexis conseguiu a proeza estando a milhões de quilômetros do nosso planeta – a primeira observação do tipo na história. E olha que eles ainda nem se formaram.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s