Clique e assine a partir de 8,90/mês

Óvulos atraem certos espermatozoides mais do que outros

A busca pelo par ideal não acaba no match. Ao contrário: continua até a fecundação.

Por SUPER - Atualizado em 28 jul 2020, 14h53 - Publicado em 10 jul 2020, 08h48

O fluido folicular, líquido rico em nutrientes que envolve o óvulo, tem influência direta na fecundação. Isso porque os espermatozoides de alguns homens podem ser mais atraídos pelo tal líquido que de outros. 

Foi o que pesquisadores ingleses perceberam após analisar fluido e esperma de 16 casais em tratamento de fertilidade. Nos testes, o líquido folicular das mulheres era exposto quatro vezes, duas ao esperma do parceiro e duas ao de outro participante. 

Depois disso, cientistas contavam o número de espermatozoides que ficavam acumulados no fluido. A quantidade de esperma atraído em cada situação variou em até 18%, como descrevem os resultados do estudo, publicado na revista científica Proceedings of the Royal Society B.

Os resultados do estudo foram aleatórios: ao contrário do que os cientistas suspeitavam, o fato de um certo espermatozoide pertencer à cara-metade da dona do óvulo não tornava sua vida mais fácil.

De acordo com os pesquisadores que assinam a descoberta, é a primeira vez que um comportamento do tipo é encontrado em humanos.

Continua após a publicidade

Moral da história? Óvulos tendem a atrair com mais afinco espermatozoides que julgam mais compatíveis, seja qual for a sua procedência. A seleção natural, afinal, nunca foi romântica. 

Publicidade