Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Professor da USP cria diário para mostrar rotina de universidade pública

Entre aulas, orientação de pesquisas e ensaios no coral, Moacir Ponti descreve a "balbúrdia" vivida por quem faz o ensino superior do Brasil.

Por Guilherme Eler
Atualizado em 17 Maio 2019, 17h56 - Publicado em 17 Maio 2019, 17h28
  • Seguir materia Seguindo materia
  • “Esta é uma série de posts para desmistificar o dia a dia da universidade pública. Vou registrar minha semana e postar um dia por vez aqui, um tipo de Big Brother. Se você só ouviu falar sobre como é uma universidade pública, aqui vai ter uma boa amostra da realidade”, diz o professor universitário Moacir Ponti no post inaugural de sua página na plataforma Medium. A ideia do espaço é simples: servir como uma espécie de diário da rotina de um docente de universidade pública no Brasil.

    Publicidade

    Ponti dá aulas no Instituto de Ciências Matemáticas e Computação da USP (ICMC-USP), em São Carlos, e começou o projeto no dia 6 de maio. A época coincide com o primeiro anúncio do MEC (Ministério da Educação) sobre o congelamento de verbas em universidades federais brasileiras. Uma semana antes, UnB (Universidade Federal de Brasília), UFF (Universidade Federal Fluminense) e UFBA (Universidade Federal da Bahia) foram eleitas para receber os primeiros cortes. Segundo o ministro da educação, Abraham Weintraub, as instituições puxariam a fila por promover “balbúrdia” nos seus campi, além de supostamente não terem apresentado os resultados acadêmicos esperados.

    Publicidade

    O contingenciamento – que envolveu cortes de 30% nos orçamentos da educação pública superior destinados a setores como bolsas de pesquisa e obras estruturais – se estendeu, depois, às 63 universidades e 38 institutos federais no Brasil. E as referências à balbúrdia em instituições de ensino superior públicas, depois da fala de Weintraub, passaram a ganhar cada vez mais destaque.

    Via redes sociais, imagens que diziam retratar cenas comuns de universidades fizeram barulho. As fotos, em sua maioria tiradas de contexto, tinham a intenção de justificar cortes em universidades federais ao sugerir que estudantes não estariam utilizando os ambientes de ensino como deveriam. “Nesse momento comecei a notar o desconhecimento da população fora do meio acadêmico sobre o que acontece nas universidades”, disse Ponti, em entrevista à SUPER.

    Continua após a publicidade
    Moacir Ponti, professor do ICMC-USP
    Moacir Ponti, professor do ICMC-USP (ICMC USP/Reprodução)

    O diário escrito por Ponti contempla, inicialmente, as atividades da semana entre os dias 6 e 10 de maio. Em cada uma das datas, o professor usa textos e imagens para fazer comentários sobre a rotina de docente e diferentes momentos da vivência universitária.

    Publicidade

    Entram no relato, por exemplo, uma reunião de um clube de leitura, ensaios do coral e reuniões com os estudantes de pesquisas de iniciação científica, mestrado e doutorado. Ponti descreve, também, o conteúdo de uma aula para alunos de Ciência da Computação, sua área de atuação, e os preparativos para o Pint of Science – evento de divulgação científica em bares e restaurantes que acontecerá em 85 cidades do Brasil, e que a SUPER já falou neste texto.

    Segundo o professor, o momento pede que alunos e docentes encontrem maneiras de atingir pessoas que normalmente não têm contato com as atividades produzidas pela a universidade. “Esse é um trabalho que precisa ser permanente. Quando os professores e os alunos começarem a deixar seu trabalho um pouco mais transparente, talvez as pessoas se solidarizem mais e entendam a importância das universidades”, diz.

    Até agora, de acordo com Ponti, o blog registrou cerca de 3,8 mil acessos. Vários alunos e professores, ao me encontrar, tem me agradecido pela iniciativa, o que me deixa muito feliz”. A ideia é manter o projeto ativo, mas com periodicidade diferente.

    Publicidade

    Ao invés de um relato diário completo, Ponti pretende atualizar o blog com resumos semanais, destacando o que vivenciou de mais importante na universidade no período. O post da semana que termina nesta sexta-feira (17), por exemplo, faz um comentário sobre as manifestações de estudantes que levaram milhares de pessoas às ruas na última quarta-feira, 15 de maio. Você pode ler o último conteúdo do blog clicando neste link.

    Publicidade
    Publicidade

    Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

    Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

    A ciência está mudando. O tempo todo.

    Acompanhe por SUPER.

    MELHOR
    OFERTA

    Digital Completo
    Digital Completo

    Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

    a partir de R$ 2,00/semana*

    ou

    Impressa + Digital
    Impressa + Digital

    Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

    a partir de R$ 12,90/mês

    *Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
    *Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.