Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Prótese na cabeça

Chip de silicone deve ajudar a reparar danos.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 31 jul 2003, 22h00

Depois de dez anos de pesquisas, a Universidade da Califórnia está começando a testar a primeira prótese cerebral. Cientistas querem usar uma espécie de chip de silicone para reparar tecidos danificados e ajudar pessoas que sofrem de doenças como epilepsia e mal de Alzheimer. A idéia é fabricar um hipocampo, parte que fica bem no centro do cérebro, na altura dos lobos temporais. Como o hipocampo é de extrema importância na ativação da memória, ainda não se sabe exatamente como será a recuperação e quais serão os efeitos que a cirurgia pode causar. “Ainda estamos verificando se o comportamento dos animais em teste mudará”, diz Sam Deadwyler, que está conduzindo a experiência em ratos.

Publicidade