GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Segredos de um sobrevivente

Um doa últimos sobreviventes da Pré-História habita as profundezas do distante arquipélago da Nova Caledônia, no oceano Pacífico, Trata-se do Nautilus macromphallus, molusco que vive dentro de uma concha cor de madrepérola com listras vermelho-amarronzadas. Ele é igualzinho aos seus tataravôs de 400 milhões de anos atrás – mas fora isso a ciência quase nada mais sabe a respeito. Os pesquisadores quebraram a cabeça para descobrir, por exemplo, como se reproduzem. No caso de exemplares capturados e postos em aquários, ocorre a fecundação, mas nenhum ovo é fertilizado. A chave do mistério pode ser a ausência de pressão nos aquários. O Nautilus vive em profundidades de até 400 metros.

Isso complica as coisas para os cientistas – recentemente, três mergulhadores morreram na tentativa de estudar o molusco em seu habitat natural. A alternativa é a pesca. Mesmo esta é difícil: os barcos precisam estar equipados com tanques de oxigênio – onde os moluscos serão transportados – , redes especiais e sua iguaria predileta – carne de tubarão recém apanhado. Por tudo isso, não é de estranhar que os pesquisadores raramente consigam observar seu comportamento. Daí provavelmente tenha se originado a lenda de que seria uma rara forma de vida. É apenas um ultimo “fóssil” que ainda vive.