GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

SpaceX pretende criar uma espécie de ‘Uber dos satélites’

Empresa de Elon Musk promete oferecer um serviço de compartilhamento de foguetes para colocar satélites no espaço - a um custo muito menor que o atual

Depois de revolucionar o transporte de cargas pesadas ao espaço, com o foguete Falcon Heavy, agora a SpaceX pretende agitar o negócio de satélites. Em agosto, a companhia anunciou que iria cobrar US$ 2,25 milhões para colocar em órbita um satélite pequeno, de até 150 quilos – o que é uma pechincha para os padrões do setor. Agora, a empresa foi além: e disse que irá transportar satélites de até 200 quilos por US$ 1 milhãoÉ uma oferta extremamente agressiva. A concorrente Rocket Lab, por exemplo, cobra US$ 5 milhões para lançar um satélite entre 100 e 225 quilos.

O programa da SpaceX deve chacoalhar o mercado dos mini-satélites, que está em ascensão. Isso porque, além do custo baixo, haverá várias oportunidades de lançamento. A princípio, a ideia era começar com um lançamento dedicado só aos pequenos objetos espaciais entre novembro de 2020 e março de 2021. Depois disso, a próxima chamada viria no início de 2022, e a segunda, só em 2023. Mas a empresa mudou seu calendário. A atuação nesse setor parece tão promissora que, além de cobrar preços de saldão pelos assentos, a empresa de Musk ainda vai ampliar sua frota de veículos.

Serão três lançamentos ao ano exclusivos para satélites diminutos, sem contar eventuais lugares vagos nos frequentes carretos orbitais para montar a megalomaníaca constelação de internet Starlink. Entre março de 2020 e dezembro de 2021, a SpaceX pretende realizar 29 missões no esquema de ridesharing, em que vários passageiros (os satélites) podem pagar para compartilhar o mesmo veículo (os foguetes da família Falcon). 

Se virar realidade, o serviço oferecido pela SpaceX para os donos de pequenos satélites será praticamente um Uber do espaço. Agora só falta poder reservar a corrida por aplicativo — e receber um caminhão elétrico da Tesla para buscar a carga.