Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Fundo vermelho liso. Ciência Maluca Por redação Super Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.

Sapatos revelam a personalidade das pessoas

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h07 - Publicado em 14 jun 2012, 19h06

Conhece aquela história que “você é o que você veste”? Bom, a frase poderia ser um pouco diferente, algo como “você calça o que você é”. Ficaria horrível, eu sei.  Mas isso é só para dizer que um estudo americano concluiu que seu sapato pode revelar traços da sua personalidade ou do seu humor. E mais: as pessoas captam esses sinais.

Durante a pesquisa, realizada pela Universidade do Kansas, voluntários cederam fotos de seus tênis e sapatos e completaram alguns questionários sobre si mesmos. Na sequência, outro grupo teve de julgar como eram os donos dos calçados (idade, gênero, renda, e outras características pessoais). E eles acertaram bastante coisa. Segundo a pesquisa, 90% das nossas características pessoais podem ser determinadas por uma simples análise do estilo, preço, cor e condição do sapato.

Por exemplo, segundo o estudo, pessoas extrovertidas preferem sapatos mais chamativos. Sapatos caros indicam que o salário tá ótimo. Usar botas é sinal de agressividade (coturno, então, nem se fala…). Ah, e tem mais, usar sapatos confortáveis mostram que você é uma pessoa calma. Já o salto alto indica nervosismo.

E sapatos sem graça, preto sem nada? Bom, dizem que os donos são mais frios, reservados, têm dificuldade em se relacionar com outras pessoas. Os participantes que usavam esse tipo de sapato mal souberam detalhar alguns traços da própria personalidade.

Eu até tentei, mas olho para a minha sapatilha e só vejo uma sapatilha. E você, concorda com a pesquisa? Consegue encontrar alguma característica pessoal no seu sapato?

Crédito da foto: flickr.com/fotorita

Leia também:
Pessoas que leem são mais legais
Mulheres passam 33 anos da vida mal humoradas por causa do cabelo
Lado esquerdo do rosto é mais bonito que o direito

Continua após a publicidade

Publicidade