Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que objetos como geladeira, fogão e portas estalam à noite?

Pegando água na cozinha à noite quando... TAC!

Por Oráculo
Atualizado em 3 dez 2018, 19h33 - Publicado em 24 jan 2018, 15h50

À noite, a cozinha esfria, de manhã, ela esquenta. Até aí, óbvio. Essas variações alteram o grau de agitação das moléculas que compõem os eletrodomésticos. O grau de agitação das moléculas tem um nome muito familiar: temperatura. Quanto maior a temperatura, mais agitadas ficam as moléculas e mais o eletrodoméstico dilata (isto é, se expande). Quanto menor a temperatura, mais ele se contrai.

A dilatação atinge todos os materiais – de vidro a madeira, passando por metais e plásticos –, causando deformações imperceptíveis aos olhos, mas não aos ouvidos. De acordo com Fernando Lang da Silveira, professor de física da UFRGS, os estalos ocorrem quando o material se expande ou se contrai – à noite, geralmente eles se contraem, já que a temperatura tende a ser menor, deixando as moléculas menos agitadas e mais próximas entre si.

E tem outra coisa importante: os estalos causados pela dilatação e pela contração de materiais rolam durante o dia todo. Você repara esses ruídos à noite apenas porque o ambiente está mais silencioso.

Continua após a publicidade

Pergunta de Bruno Ramos, Recife, PE

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.