Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.

Qual foi a maior greve de fome da história?

A greve de fome da mais longa da história na verdade não foi uma greve de fome, e sim um jejum realizado por um homem obeso.

Por Oráculo Atualizado em 16 jun 2020, 11h44 - Publicado em 25 set 2017, 14h10

A greve de fome da mais longa da história na verdade não foi uma greve de fome, e sim um jejum realizado por um homem obeso a título de regime: o escocês Angus Barbieri perdeu 125 kg durante um experimento controlado em que passou 382 dias sem comer. Ele foi de 207 kg a 82 kg. Surpreendentemente, ele não teve nenhuma sequela e morreu décadas depois, com um peso saudável.

Durante o período, consumiu apenas água, chá e café, além de vitaminas e eletrólitos essenciais para o funcionamento do corpo. Ele se adaptou bem à nova rotina, e alternava períodos em casa e no hospital de Maryfield em Dundee, na Inglaterra, onde fez acompanhamento. É importante dizer que nenhum médico o forçou a realizar o feito – Barbieri que insistiu. Também é importante dizer que você não deve fazer isso em casa: é extremamente perigoso.

O recordista de greve de fome com fins de protesto foi Barry Horn, um famoso ativista vegetariano. Ele passou 18 anos na cadeia após explodir uma loja que vendia roupas feitas com couro e pelos de animais. Na cela, passou 68 dias consecutivos sem comer. Essa foi só a mais longa de dezenas de greves de fome realizadas no período que passou encarcerado. Ele sofreu danos irreversíveis em vários órgãos. O último jejum, em 2001, durou quinze dias e o matou.

Em terceiro lugar vem o mágico David Blaine, que em 2003 passou 44 dias sem comer pendurado em uma caixa de vidro que continha apenas água. A caixa ficou pendurada sobre o rio Tâmisa, sustentada por um guindaste.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês