Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Quem foi o primeiro representante eleito democraticamente?

É impossível saber o nome exato do dito-cujo. Mas há evidências de democracia na pré-história, muito antes de Atenas.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 8 jul 2024, 10h34 - Publicado em 7 jul 2024, 19h00

É impossível saber. Muito antes da invenção da escrita, já existiam populações que se organizavam democraticamente, enquanto outras seguiam modelos políticos mais autoritários.

É quase certo, portanto, que a primeira eleição de um ser humano para um cargo qualquer tenha ocorrido no âmago de um grupamento caçador-coletor, sem deixar indícios materiais.

Embora a cidade-estado grega de Atenas leve, tradicionalmente, o crédito de berço da democracia, há evidências de poder decisório descentralizado entre outros povos.

Por exemplo: os budistas têm, desde a Antiguidade, as Sanghas, comitês que tomam decisões políticas por voto e são uma das primeiras instituições democráticas. Esses conselhos existem até hoje.

Continua após a publicidade

Nebelivka, uma cidade pré-histórica de 15 mil habitantes construída onde hoje é o território da Ucrânia, tinha casas igualitárias dis-
tribuídas em círculo – e, é provável, um governo democrático. Ela é tão antiga quanto Uruk, a cidade mesopotâmica que deu nome ao Iraque e que costuma ser citada como a mais antiga do mundo.

Considerando que essa era uma metrópole (pelo menos para os padrões demográficos da época), a inexistência de grandes estátuas ou prédios administrativos em Nebelivka é um sinal de que aquela sociedade não se baseava numa hierarquia tão violenta e vertical quanto os primeiros impérios da história da humanidade.

Continua após a publicidade

Teotihuacan, uma cidade mexicana anterior aos astecas e espanhóis, passou por uma revolução para cobrar habitação social em 300 d.C. Os manifestantes destruíram prédios administrativos e religiosos. Pouco depois,  condomínios com vários apartamentos de tamanho similar aparecem no sítio arqueológico.

Até hoje não sabemos muito sobre a língua e cultura dos povos que habitavam o centro do atual território do México nessa época – os próprios astecas, que vieram muito depois, eram fascinados por esse mistério. Mas esses ancestrais já sabiam que havia alternativas à desigualdade social e ao acúmulo de renda.

Pergunta de Alice Souza, via e-mail.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.