Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.

Se eu tiver anticorpos contra covid e doar sangue, o receptor se imuniza?

Pode acontecer no caso de transfusões de plasma. E alguns tratamentos experimentais já exploram essa possibilidade.

Por Bruno Vaiano Atualizado em 19 fev 2021, 13h10 - Publicado em 14 fev 2021, 11h54

Pode acontecer. Precisamos antes explicar o básico sobre transfusões.

O sangue tem dois componentes básicos: o plasma e os glóbulos vermelhos. Eles são separados após a coleta. Quando você imagina uma bolsa de sangue para doação, você pensa numa bolsa de glóbulos vermelhos. Afinal, ela é vermelha. Mas também existem bolsas de plasma, que é um líquido translúcido ligeiramente amarelado. É no plasma que ficam os anticorpos.

Existem tanto transfusões de plasma quanto de glóbulos vermelhos. Tudo depende das necessidades clínicas do paciente receptor.

Se houver uma bolsa de plasma com anticorpos contra o novo coronavírus, há alguma chance de que o receptor dela se torne, por acidente, imune ao dito-cujo. O nome disso é “imunização passiva”. Ela acaba quando os anticorpos acabarem – eles duram no máximo algumas semanas, e evidentemente só poderiam ser repostos com outra bolsa de plasma do mesmo doador.

A vacina, por outro lado, ensina seu sistema imunológico a fabricar anticorpos contra aquela ameaça específica pelo resto da vida.

A possibilidade de usar o plasma de convalescentes (esse é o termo técnico) como terapia contra a Covid-19 está sendo estudada por pesquisadores de todo o mundo – inclusive André Nicola, professor de medicina e pesquisador da Universidade de Brasília que forneceu as informações acima para este #OráculoSuper.

Pergunta de @gheuren, via Instagram.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês