Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Publicidade
Fundo vermelho liso. Supernovas Por redação Super Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo por aqui!
Uma queda no brilho parecia indicar que o ombro da constelação de Órion estava prestes a morrer em um fenômeno violento chamado supernova. Mas há uma nova explicação, bem mais prosaica: ela expeliu uma nuvem.
O trabalho da dupla com buracos negros foi sacramentado pela foto histórica do projeto EHT em 2019. Mas Hawking não pôde ser reconhecido postumamente.
O mais provável é que não: o único estudo sobre o assunto analisou apenas 13 amostras de sangue e não passou por revisão. Ou seja: não dá para confiar.
Entenda o funcionamento do sistema imunológico humano – e o que as imunoglobinas que defendem seu corpo têm a dizer sobre a infecção pelo novo coronavírus.
Um vírus é um bolinho inerte de material genético. Mas parasita organismos com o ímpeto da cavalaria cossaca. Fica a questão: essa coisa é viva ou não é?
Ninguém sabe se girafas macho fazem sexo entre si por prazer ou para demonstrar poder. Mas políticos de alto escalão têm opiniões fortes sobre o assunto.
De robôs dos Jetsons ao aparato burocrático do Estado, organizamos o mundo à nossa imagem e semelhança: com um cérebro centralizador e uma hierarquia obediente. Em novo livro, biólogo italiano propõe abandonar a referência do corpo animal – e encontrar soluções para o século 21 no jeitinho vegetal de fazer as coisas.
Ela rendeu US$ 2 milhões por ano para a Warner – e chegou ao Brasil em um concurso da rádio Tupi com a Academia Brasileira de Letras.
Ao longo das margens do rio da Prata, o Museu do Tempo distribui os principais fatos da história da vida em ordem cronológica. Entenda o projeto.
A sugestão do filósofo autodidata foi refutada ainda no século 19 por Wallace, o "padrasto" da seleção natural. Entenda com ajuda do método científico.
Após o congelamento, todo o dinheiro que o MCTIC terá para investir em pesquisa neste ano equivale ao que a Nasa gasta em uma única missão para Marte.
Um breve passeio pela história dos buracos negros – do físico alemão que os previu na Primeira Guerra ao físico americano que propõe que eles obedecem à evolução darwiniana.
O fóssil de 42,6 milhões de anos é um elo perdido entre as imensas baleias contemporâneas e os mamíferos quadrúpedes que deram origem a elas.
Charles Hatfield cobrava de fazendeiros e prefeituras para fazer chover. Até que um dia ele fez chover... demais. E arrebentou uma represa.
Ele contém só uma célula – o gameta feminino não fecundado. Mas não é uma célula. 
A Musipedia é uma espécie de Wikipedia de partituras com um mecanismo de busca chamado MelodyHound. Ele não faz magia – mas vale um test drive.
Como ilustres anônimos mudaram a história da biologia – sem mudar a história da biologia.
Todas as estrelas, juntas, já produziram 4 · 10ˆ84 (isto é, 4 seguido de 84 zeros) fótons – as partículas de luz. Mesmo assim, eles mal conseguem iluminar tudo que existe.
Em 2017, um estudioso do estado físico da matéria felina levou o prêmio-paródia IgNobel. Entenda o meme (e a física) por trás dos felinos de pote.
Com o auxílio de partículas indetectáveis chamadas neutrinos (e um enorme observatório na Antártica, que você vê na foto), cientistas fizeram primeira imagem direta do centro do planeta.
Publicidade
Ciência
Cientistas usam partículas-fantasma para radiografar núcleo da Terra
Com o auxílio de partículas indetectáveis chamadas neutrinos (e um enorme observatório na Antártica, que você vê na foto), cientistas fizeram primeira imagem direta do centro do planeta.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade