GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Made in SUPER

Editorial

Sérgio Gwercman, diretor de redação

Em março, os leitores da revista italiana Focus Storia encontraram na capa uma reportagem sobre a Igreja Católica. O texto era assinado por José Francisco Botelho, ilustrado por Sattu e tinha sido originalmente publicado pela SUPER em 2007. Em abril, a holandesa Quest publicou nosso infográfico sobre o futuro do cigarro. E em janeiro os mexicanos da Muy Interessante mostraram aos leitores deles a nossa pauta sobre a extinção dos minerais.

Só nos 4 primeiros meses deste ano, a SUPER fez 9 vendas para revistas estrangeiras, entre ilustrações, infográficos e textos – 70% do que vendemos no ano passado inteiro. E com uma novidade: as editoras , que há tempos vinham buscar nossos premiados infográficos, agora estão levando também reportagens completas. Elas traduzem nossos textos e reutilizam nossas imagens. Matérias que você leu na SUPER já foram republicadas em Portugal, Itália, Grécia, Polônia, EUA, Espanha, Alemanha, México, Holanda.

O valor financeiro dessas vendas não é nada que mude a balança comercial brasileira. Mas tampouco estamos falando de laranjas ou minério de ferro: o que fazemos é exportação de conhecimento. Algo de que nos orgulhamos muito. E de que você também deveria se orgulhar. Porque isso significa que não é mais apenas nossa matéria-prima que vendemos: é nossa criatividade, visão de mundo, excelência editorial. Estamos fazendo revista tão bem quanto nos melhores centros do mundo. E esse é um círculo virtuoso: quanto melhor for nossa produção, melhores serão nossos leitores. E, quanto melhores forem nossos leitores, melhor será nossa produção editorial. Estamos juntos nessa.

Nosso caro sambugaro
Se hoje a SUPER é exportadora de conteúdo editorial, é porque nos últimos anos tivemos o Adriano Sambugaro dirigindo a arte da revista. Sob o comando dele, o design da SUPER atingiu o melhor momento da sua história. Esta, porém, é a última edição em que ele participa. Agora Adriano dará expediente no departamento de marketing de outra empresa. Abandonou o design de revistas. Sorte dos caras. E boa sorte para ele.