GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Pela primeira vez, mulheres estão se achando menos feias

Mas elas ainda são muito mais infelizes com a sua aparência física do que os homens.

Você já deve ter ouvido alguma mulher reclamar de seu peso. Graças aos padrões de beleza inalcançáveis impostos por filmes, propagandas, seriados e até quadrinhos, é normal que elas sintam que estão longe dos corpos ideias. De fato, um meta-estudo do Wooster College, em Ohio, nos Estados Unidos, analisou 250 pesquisas sobre a percepção física de homens e mulheres entre 1981 e 2012 e constatou: elas são regulamente mais insatisfeitas com a sua aparência do que eles.

A pesquisa analisou tendências e a porcentagem de pessoas que se diziam desapontadas com seus corpos. Mulheres sempre eram mais críticas consigo mesmas – inclusive, houve um aumento de insatisfação nos anos 1990. A novidade é que, nos últimos 14, pela primeira vez, houve uma queda nesses índices, de 3,3%.  

Os pesquisadores ainda não sabem dizer o que causou essa queda. Uma das hipóteses é que o aumento do peso médio dos americanos tenha tornado as pessoas menos críticas em relação a si mesmas. A outra é que tenha havido uma leve mudança na diversidade das pessoas em destaque: nem todas são magras, ou brancas ou dentro do tradicional padrão de beleza. Isso alivia as expectativas das reles mortais sobre sua própria aparência. É por isso que representatividade é tão importante.

O estudo analisou 100.228 pessoas no total.

Leia também:
– 7 dicas para não sexualizar uma heroína em HQs
– Orgulho gordo: uma bandeira da ciência