Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Primeiro brinquedo sexual para homens trans é lançado nos EUA

A ideia é ajudar quem está em fase de transição de gênero a ter prazer sexual

Por Helô D'Angelo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 30 set 2016, 15h15

Preconceito, baixa autoestima e desrespeito são apenas alguns dos problemas que as pessoas trans enfrentam diariamente. Mas existem outros obstáculos que raramente são colocados em pauta – por exemplo: como se masturbar durante o processo de transição de gênero, quando os genitais ficam sensíveis e o emocional fica comprometido?

Pensando nisso, um dos maiores nomes da militância trans, Buck Angel, acaba de lançar o primeiro brinquedo sexual focado nos homens trans – pessoas que foram designadas mulheres ao nascer, mas que se descobrem homens ao longo da vida. 

LEIA: Exército americano vai aceitar soldados trans

Batizado de Buck-off (um trocadilho com o termo “fuck off”, ou “não enche” em inglês), o brinquedo é específico para quem ainda não passou pela cirurgia de redesignação sexual, mas já começou o tratamento hormonal com testosterona, que costuma deixar o clitóris inchado e sensível. Afinal, mesmo com o peso emocional que é a transição de gênero, é lógico que as pessoas continuam sentindo tesão, né? 

No vídeo de apresentação do produto, Buck explica: “Nós [homens trans] não somos robôs e sexo é uma grande parte de destransicionar. Para quem acha que sexo não é importante, eu discordo totalmente: é essencial”. 

Continua após a publicidade

LEIA: Tinder criará novas opções de gênero

O sextoy tem um formato fálico, mas é oco por dentro, e é feito de um material chamado SilaSkin, que imita a textura de pele humana. Funciona assim: a pessoa coloca a parte oca do Buck-off sobre o clitóris e faz movimentos de vai e vem, exatamente como na masturbação de quem tem pênis. O oco cria um vácuo que suga o clitóris, causando um estímulo bem intenso. Desse jeito, a pessoa não precisa tocar a própria vagina, mas consegue ter prazer mesmo assim. 

O Buck-off não é caro, se comparado com outros brinquedos sexuais: custa US$ 29,95 (cerca de R$ 120) – sendo que, em média, vibradores mais rebuscados custam o dobro ou até mais. “A minha comunidade precisa poder comprar o brinquedo, senão não faz sentido”, disse Buck no vídeo. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.