GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quando as pessoas começam a odiar?

Perguntas capciosas o Oráculo tem. Álcool nutritivo, cabo de elevador e caixa de blu-ray. Código de barras e ódio de neném. Se você não ler, algo não vai bem

Edição: Felipe van Deursen Reportagem: Fronteira – Agência de Jornalismo

GRR!
A partir de que idade podemos sentir ódio?

Cadu Confort,
Rio de Janeiro, RJ

Dá para dizer com conforto que é por volta dos seis anos. O ódio é algo complexo. Para que ele exista, o sistema nervoso central e o lobo frontal do cérebro precisam de certo grau de amadurecimento, que geralmente aparece no sexto ano de vida (coincidentemente, a época em que a escola começa de fato). “Até essa idade, as vivências emocionais decorrentes de situações não prazerosas provocam mais medo que raiva”, diz Antonio Serafim, coordenador do Programa de Psiquiatria Forense e Psicologia Jurídica do Hospital das Clínicas da USP. A partir dos seis anos, experiências interpretadas ou vivenciadas como negativas podem configurar o sentimento de raiva duradoura, o famigerado ódio.

IIIIII
Por que no código de barras há tantos zeros?

Regina Guerra,
São Paulo, SP

Muitos zeros na embalagem e muitos noves na etiqueta, né, amiga? A função deles é garantir que as barras são verdadeiras. Cada algarismo (são no máximo 44) serve para que as instituições bancárias possam checar diversas informações. Eles carregam dados sobre tipo de cobrança, valor, identidade do credor etc., explica a Federação Brasileira dos Bancos.

AAH!
Após consultar entendedores do assunto (em vão), apelo ao Oráculo: por que cargas d¿água bebidas alcoólicas não têm informações nutricionais nas embalagens?

Eduardo Pavani,
Maringá, PR

Ah, você é desses que vê na cerveja o pão? “Bebida alcoólica não é para ser consumida com objetivos nutricionais”, diz Bernardo Medina, chefe da Divisão de Bebidas do Ministério da Agricultura. O álcool é destinado à degustação (e a outras coisas, sabemos). Mas uma lata de cerveja, por exemplo, tem fósforo, magnésio e antioxidantes que protegem o coração. Aí vi vantagem.

Por que caixas de blu-ray são menores que de DVD?

Pedro Ferreira,
Contagem, MG

Questão mercadológica. Se elas fossem do mesmo tamanho, você não iria reconhecê-las tão facilmente, sabichão. “Inicialmente, era necessário diferenciar o blu-ray das embalagens de HD DVD [tecnologia falida rival do blu-ray]”, diz Denise Dantas, professora do curso de Design da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Mas isso não é um padrão mundial. As embalagens de blu-ray na Europa, por exemplo, têm espessura igual às nossas de DVD.

PLOFT!
Existe um jeito de se salvar quando um elevador cai?

Vinicius Queiroz,
Brasília, DF

O mais importante é proteger a cabeça, e a melhor maneira de fazer isso é deitar no chão e se encolher ao máximo, explica Ricardo Breigeiron, coordenador da Residência em Cirurgia Geral e do Trauma do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. “Se você ficar em pé, a chance de bater a cabeça e desmaiar é maior”, avalia. Consciente, mesmo que ferido, você teria mais chance de pedir socorro. Mas relaxe. Elevadores têm até 12 cabos de tração, além de um sistema de freio em caso de aumento brusco de velocidade. Mas não vá balançar o elevador para checar – brincadeira chata. Em vez disso, aperte os botões e finja levar um choque.