Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Vai trabalhar, vovô

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h52 - Publicado em 12 mar 2011, 22h00

Velhinhos do mundo, tremei: a aposentadoria está ameaçada. E não é por causa de um pacote maluco do governo, são as pessoas que estão velhas demais. Quando o sistema de previdência foi inventado nos EUA, para idosos a partir dos 65 anos, a expectativa de vida por lá nem chegava a essa idade, era de apenas 62 anos! Hoje, até a média brasileira já passa dos 72 anos. Quando se considera que cada vez mais pessoas chegam aos 90 ou 100 – e, com isso, passam mais de um quarto da vida à custa do governo –, o fim da aposentadoria parece inevitável. Calcula-se que, em 2050, 1 em cada 3 pessoas no mundo desenvolvido viverá de pensão – e não haverá previdência que dê conta disso. A previsão é que já por volta de 2020 comecem a faltar jovens em cargos especializados. A ideia, então, é recontratar os velhinhos de volta para o batente.

Em 1950, para cada idoso, existiam 7 pessoas entre 20-64 anos. hoje, essa proporção passou para 4 para 1. Em 2050, a proporção será 2 para 1.

O prejuízo que o envelhecimento da população vai causar nos próximos anos é 9 vezes maior do que o que a atual crise econômica está deixando.

Publicidade