GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

As 30 mais dos Beatles no Spotify – e quem realmente compôs cada uma

Spoiler: algo nos diz que não foi Theodor Adorno.

John e Paul sempre assinavam juntos as composições dos Beatles. Mas, salvo poucas excessões, cada canção deles tinha, sim, um compositor principal – ou único: Hey Jude, por exemplo, é 100% Paul. Help!, 100% John. Já quando George ou Ringo compunham assinavam sozinhos (ou com o resto da banda; como no caso de Rain, em que os nomes dos quatro aparecem nos créditos)

A pedido da SUPER, o Spotify elencou as 30 músicas mais tocadas da banda em seu serviço de streaming. E nós mostramos aqui quem é o compositor principal de cada uma delas – uma informação que não está nos créditos oficiais “Lennon e McCartney”.

 (Tainá Ceccato e Juliana Krauss/Superinteressante)

Bom, John tem 11 músicas suas no top 30 dos Beatles: Come Together, I Wanna Hold Ypur Hand, In My Life, Help!, All You Need is Love, A Hard Day’s Night, Lucy in the Sky, Ticket to Ride, Day Tripper, Norwegian Wood e Strawberry Fields.

Paul tem a dianteira nesse rol, com 13 músicas dele: Hey Jude, Let It Be, Yesterday, Blackbird, Love Me Do, Penny Lane, Hello,Goodbye, Get Back, Can’t Buy Me Love, Ob-la-di, Ob-la-da, Eight Days a Week.

Duas da lista são aceitas como composições realmente em dupla (aparecem em verde escuro na lista ali em cima. Trata-se de She Loves You, que os dois fizeram juntos acorde por acorde, e de A Day in The Life – geralmente tida como a melhor música da banda, é dividida salomonicamemnte. A parte “sonho” (“…how many holes it takes the Albert Hall? I’d love to turn you on...”) é do John. A parte “acordada” (“woke up, fell out the bed, dragged a comb across my head”), do Paul. Nota: a parte sinfônica, que dá todo o tom épico da canção é Paul mais George Martin, o produtor da banda.

O top 30 ainda tem um intruso: Twist and Shout, na sexta posição, é um cover. Foi feita em 1961, por uma dupla de compositores daqueles que só fazem músicas para os outros (tipo Sullivan e Massadas) – Phil Medley e Bert Russel. E já era bem conhecida na voz dos Isley Brothers. Aqui:

Por último, e mais importante: o beatle que lidera o ranking é outro, como você deve ter reparado: George Harrison. A história é bem conhecida. George começou devagar como compositor na banda. Nos quatro primeiros discos dos Beatles, tem só uma música dele, no segundo álbum (With the Beatles). É esta aqui, a Don’t Bother Me:

George chegou a dizer que Don’t Bother Me, de 1963, foi só um exercício para ver se ele conseguia mesmo compor. “Ela pelo menos serviu para me mostrar que tudo o que eu precisava era seguir compondo, que uma hora sairia alguma coisa realmente boa”.

Poucos anos depois dessa primeira tentativa, George já tinha emplacado três hits imensos. While My Guitar Gently Weeps, do Álbum Branco (1968) e mais dois em Abbey Road (1969), o álbum de despedida da banda: Something e Here Comes the Sun. As três seguem firmes no top 30 do streaming, com Here Comes the Sun deitada no berço esplêndido da liderança entre as músicas mais ouvidas da maior banda da história.

De fato, George: uma hora sairia coisa boa. As you said, It’s alright.