Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Homem-Aranha: as diferenças entre o vilão Mysterio do filme e o das HQs

"Longe de Casa" traz um antagonista razoavelmente fiel ao original – mas adaptado ao MCU sem Tony Stark. Confira as mudanças.

Por Ingrid Luisa Atualizado em 26 out 2020, 16h38 - Publicado em 27 jun 2019, 20h31

Com a estreia de Homem-Aranha: Longe de Casa, em 4 de julho, encerra-se a fase 3 do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU). E, apesar de Thanos ser um dos antagonistas mais icônicos da história do cinema, o MCU não é conhecido por ter grandes vilões. Depois de 22 filmes, só Loki e Killmonger são lembrados – apesar de Zemo e Caveira Vermelha também fazerem bons trabalhos.

Desse problema Homem-Aranha não sofre. Antagonistas como Duende Verde, Dr. Octopus e Venom brilharam no cinema, e até as tentativas (questionáveis) com Lagarto e Electro foram válidas. No primeiro filme solo da parceria entre Marvel e Sony, outro acerto: o Abutre de Michael Keaton traz um anti-herói para a trama – daqueles com dilemas humanos que fazem você se perguntar se faria o mesmo naquela situação.

Para a segunda aventura solo do herói, a aposta foi o vilão Mysterio. Com um figurino à lá Dr. Estranho (uma piada com isso, inclusive, está no filme), ele exibe um uniforme igualzinho ao que Steve Ditko criou nos quadrinhos: capa roxa, roupa verde com detalhes em dourado e capacete de vidro. Mas as semelhanças param aí. Embora esse novo Mysterio respeite a origem do vilão, ele traz uma roupagem nova para integrá-lo ao Universo da Marvel. Confira três dessas mudanças (sim, tem spoilers).

Funcionário frustrado

Nos quadrinhos, a primeira aparição de Mysterio (obra da dupla que criou o Homem-Aranha – Stan Lee e Steve Ditko) foi em Amazing Spider-Man #13, publicado em junho de 1963.

Divulgação/Marvel

Na história, Mysterio surge como um valente super-herói que vai levar Homem-Aranha à Justiça.

Mas… Pera. Como assim?

Pois é: no começo dessa história, o Amigão da Vizinhança estava sendo fortemente condenado pela população de Nova York, após ter sido pego roubando bancos. Não que ele se lembrasse dos crimes. Parker começa a achar que está com um problema de personalidade dupla, talvez causado pela picada da aranha radioativa – e até procura um psiquiatra.

A primeira batalha entre o herói e Mysterio acontece na icônica ponte do Brooklyn, e o Aranha acaba fugindo, devido a aparente invencibilidade dos poderes mágicos do vilão. Parker, porém, tem uma carta na manga: coloca um localizador em Mysterio e o segue de volta para um covil secreto.

Lá ele descobre a verdade: Mysterio é Quentin Beck, um especialista em efeitos especiais frustrado por nunca conseguir reconhecimento na área. Com o desejo de mudar de vida e virar um super-herói, Beck usou seus talentos para se passar pelo Homem-Aranha (recriou figurino, teias, e até as habilidade de subir nas paredes) e incriminá-lo, fingindo o assalto ao banco. Com essas informações, Homem-Aranha exige uma revanche, consegue vencer seu inimigo e ainda expõe todo o plano de Mysterio para a população.

  • Nos cinemas, essa história foi adaptada: Quentin Beck (quem lhe dá o nome de Mysterio são os amigos adolescentes de Peter) também surge como um super herói, mas vindo de uma Terra destruída em um outro multiverso. Ele veio ao nosso mundo para combater os Elementais, monstros que destruíram a irmã gêmea da Terra e agora vieram destruir a Terra que a gente conhece.

    Mais para frente (spoilers a seguir), a gente descobre que essa história toda era um migué: assim como nos quadrinhos, Beck também é um especialista em ilusões, mas criadas por hologramas. Os Elementais que estão destruindo cidades europeias, na verdade, não eram reais, apenas projeções extremamente realistas.

    Continua após a publicidade

    Em um universo em que Tony Stark morreu e agora é idolatrado pelo mundo inteiro, Beck é um ex funcionário de Stark que se frustrou com o tratamento que o multibilionário deu às suas invenções. Após ter sido demitido, Beck reuniu vários ex-funcionários de Tony e bolou um plano para roubar EDITH, a mais poderosa Inteligência Artifical de Tony Stark. Ela controla desde satélites no espaço até mensagens de Whatsapp – e foi legada para Peter Parker.

    Falso Mentor

    Apesar de o Mysterio dos quadrinhos também ter surgido como um herói, ele nunca foi próximo a Peter Parker. O dos cinemas, pelo contrário, aparece como um mentor.

    “Tony Stark [Homem de Ferro] era o mentor de Peter nos filmes anteriores, então achamos que seria interessante se o Mysterio, seu novo aliado, fosse como um ‘tio descolado'”, disse diretor Jon Watts à Entertainment Weekly.

    Quem apresenta os dois personagens é Nick Fury, ao pedir ajuda de Peter para combater os Elementais. Eles acabam ficando bem próximos e Mysterio aparece como um paizão que entende os dilemas de Parker – enquanto Fury só o julga por querer ficar com os amigos. Confira abaixo a cena em que Peter troca confissões e inseguranças com Beck:

     

    Após derrotar o que prometia ser o pior Elementar, o do fogo, Peter sente que o controle da EDITH não deveria ser dele, um simples adolescente de 16 anos – e sim de Beck, um super-herói de outro multiverso que acabou de salvar o seu próprio universo. Mysterio acaba recebendo o controle da IA de mão beijada de Parker.

    Assim que o garoto sai, o vilão revela quem realmente é – a melhor cena é quando ele chama de “fantasia” a roupa que usa para se passar por super-herói.

    Pedra no sapato – pra sempre 

    Mysterio enfrenta o Homem-Aranha diversas e diversas vezes nos quadrinhos. Ele foi um dos fundadores do Sexteto Sinistro, grupo de super-vilões (cuja formação varia, mas sempre contém, no mínimo, Duende Verde, Dr. Octopus e Electro) criados para derrotar o Homem-Aranha. Apesar de nunca vencer, Mysterio sempre consegue escapar – e acaba como uma possível ameaça ao Aranha.

    Reprodução/Marvel

    Uma grande esperança dos fãs é que houvesse uma menção ao Sexteto no filme. Infelizmente, não há nada explícito. Em compensação, Mysterio deixa uma ponta solta que perturbará o Amigão da Vizinhança por um longo tempo: na primeira cena pós-créditos do longa, vaza um vídeo em que Mysterio, ainda um herói para o população que não sabe sua verdadeira identidade, acusa o Homem-Aranha por todo o mal que ocorreu.

    Além disso, ele revela que a verdadeira identidade do Aranha é Peter Parker. Como nos quadrinhos, Mysterio coloca todo mundo contra o herói. Resta esperar os próximos filmes para saber como o herdeiro de Tony Stark vai se safar dessa.

    Continua após a publicidade
    Publicidade