Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Neurologia: Papo cabeça

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h45 - Publicado em 30 abr 2004, 22h00

João Paulo Gomes

Aristóteles, um dos maiores pensadores da Grécia antiga, achava que o cérebro servia apenas para refrigerar o coração (esse sim o verdadeiro responsável pelo raciocínio). Idéias parecidas perduraram por quase 2 mil anos, até o século 17, quando o inglês Thomas Willis deu à luz a neurologia. O livro A Fantástica História do Cérebro disseca a evolução das pesquisas sobre esse órgão, desde o momento em que ele deixa o papel de coadjuvante até se tornar um dos protagonistas da biologia e da medicina modernas.

A Fantástica História de Cérebro

Carl Zimmer

Continua após a publicidade

Editora Campus, 396 páginas, R$ 69

Publicidade