GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

“X-Men: Fênix Negra” é o segundo maior fracasso de bilheteria da história

O prejuízo foi de mais de US$ 100 milhões. Entenda o que deu errado com o último capítulo da saga dos mutantes – e veja outros exemplos de 'flops' do cinema

Vamos relembrar rapidamente os filmes de super-herói lançados em 2019. Na linha de frente, temos Vingadores: UltimatoCoringaCapitã Marvel. Correndo por fora, ShazamHomem-Aranha: Longe de Casa…E X-Men: Fênix Negra.

Não assistiu o desfecho da saga dos mutantes do cinema? Você não é o único: o filme ocupa o amargo segundo lugar na lista dos maiores fracassos de bilheteria da história. Foram arrecadados um total de US$ 246 milhões, sendo que o orçamento foi de US$ 350 milhões. Resultado: US$ 103 milhões de preju.

Fênix Negra passou quase tão batido quanto o Hellboy de David Harbour (o xerife Hopper de Stranger Things), que estreiou em maio e também fracassou: arrecadou US$40 milhões – US$ 10 milhões a menos que o custo para fazê-lo. Mas afinal, o que deu errado com Charles Xavier, Jean Grey e cia?

Desastre mutante

De cara, é possível dizer que parte da culpa do mau desempenho do filme foi a confusão que rolou nos bastidores do seu estúdio, a Fox. Em março, a Disney oficializou a compra da 20th Century Fox por US$ 71 bilhões.

Com isso, o Mickey levou para debaixo de suas orelhas franquias como AvatarPlaneta dos Macacos e Simpsons – além de retomar o controle dos X-Men, cujos direitos haviam sido vendidos pela Marvel (que é da Disney) na década de 1990. Esse trâmite burocrático, que se arrastou por meses, afetou o andamento da produção: foi preciso refilmar algumas cenas e a estreia foi adiada duas vezes. Tudo isso, claro, enfraqueceu o filme – e o deixou ainda mais caro.

Em agosto, Bob Iger, presidente da Disney, anunciou os investidores que a empresa perdeu US$ 170 milhões após o acordo – ele afirmou que o resultado concreto da aquisição virá nos próximos dois anos. Iger atribuiu boa parte da quantia perdida ao fracasso dos últimos filmes dos X-Men: além de Fênix Negra, há a polêmica de Os Novos Mutantes. O spinoff da saga principal foi adiado inúmeras vezes e pode sequer ser lançado.

Forbes criou uma lista com dez motivos que explicam o fracasso o filme. Uma delas diz respeito justamente ao retorno dos mutantes para a Marvel – e a certeza de que eles integrarão fases futuras do seu universo cinematográfico. Assim, depois do fenômeno de Ultimato, que se tornou a maior bilheteria da história, Fênix Negra foi jogado para escanteio. Afinal, com um reboot certo no futuro, a estreia do filme da Fox soou como algo “para cumprir tabela”.

Outros motivos apontados pelo artigo incluem: falta de originalidade (a história é parecida com a de X-Men: O Confronto Final, de 2006); ausência do elenco mais velho, sobretudo de Hugh Jackman (Dias de um Futuro Esquecido, longa de melhor desempenho em crítica e bilheteria da franquia, é elogiado por trazer os antigos atores de volta aos seus papéis); e o o fato de seu antecessor, Apocalipse, não ter ido tão bem. Se franquias existem porque o sucesso de um filme é transmitido para o outro, nesse caso Fênix pagou o pato pelo contrário: ao dar sequência a um filme mal avaliado, já estreou carregado de expectativas negativas.

Cheque especial

Os números de Fênix Negra saíram do musicMagpie, que compilou dados dos sites IMDb, Rotten Tomatoes e TheNumbers.com para comparar os orçamentos e bilheterias mundiais de mais de mil filmes.

De acordo com a lista, o campeão do flop é a animação Marte Precisa de Mães, lançado (olha só) pela Disney em 2011. Não se lembra do filme? Não é para menos.

O investimento foi caro: por conta dos efeitos especiais de 3D e de captura de movimento, o longa custou US$150 milhões, porém arrecadou apenas US$ 40 milhões – prejuízo de US$ 110 milhões.

MentalFloss se baseou nessa lista para elencar os 50 maiores fracassos de bilheteria de todos os tempos (que pode ser lida aqui, em inglês). Abaixo, as dez primeiras posições desse ranking ingrato:

1 – Marte Precisa de Mães (2011): -US$ 110,4 milhões

2 – X-Men: Fênix Negra (2019): -US$ 103,6 milhões

3 – Ricos, Bonitos e Infiéis (2001): -US$ 94,6 milhões

4 – Pluto Nash (2002): -US$ 92,9 milhões

5 – A Promessa (2017): -US$ 79,4 milhões

6 – Renegados (2017): -US$ 75,9 milhões

7 – O Som do Trovão (2005): -US$ 73,7 milhões

8 – A Ilha da Garganta Cortada (1996): -US$ 73,4 milhões

9 – Como Você Sabe (2011): -US$ 70,3 milhões

10 – Monkeybone – No Limite da Imaginação (2001): -US$ 69,5 milhões

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. I have read so many content regarding the blogger lovers but this article is genuinely
    a pleasant post, keep it up.

    Curtir

  2. I really liked this post i read your blog very often, and you’re
    always coming oout with prdtty great stuff. I contributeed this on my blog, aand my followers adored it.
    Continue the good work 🙂

    Curtir