GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Alice para gente grande

Para ser lido com toda a seriedade exigida pelo humor vitoriano de Carroll.

Jerônimo Teixeira

Mais de século se passou desde que Lewis Carroll – pseudônimo literário do tímido reverendo Charles Dodgson (1832-1898) – criou a menina que persegue um coelho falante por um país fantástico. Alice – Edição Comentada (Jorge Zahar) prova que clássico não tem idade. A edição brasileira é vistosa, ilustrada com as gravuras originais de Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho. As notas de Martin Gardner esclarecem e enriquecem o texto, um clássico a ser desfrutado por todas as idades. Para ser lido com toda a seriedade exigida pelo humor vitoriano de Carroll.