Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

As praias de Montevidéu já foram brasileiras

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h13 - Publicado em 31 Maio 1998, 22h00

O Brasil já perdeu alguma guerra?

Já. O Brasil ganhou todos os confrontos que travou, menos um, em que apanhou feio. Na Guerra da Cisplatina, de 1825 a 1828, o país foi derrotado por uma aliança de argentinos e uruguaios. “O Brasil resistiu três anos, mas no final perdeu o território que pretendia no Uruguai”, diz a historiadora Cecilia Helena Oliveira, do Museu Paulista, em São Paulo. Portugal entendia, desde o século XVI, que a fronteira da sua colônia americana ia até o Rio da Prata, incluindo o que hoje é o Uruguai. Mas quem ocupou de fato o território foi a Espanha. Com a independência das colônias espanholas, no início do século XIX, os portugueses viram a oportunidade de realizar o projeto expansionista. Em 1821, d. João VI anexou o Uruguai, chamando-o de Província Cisplatina. Em 1825, com o Brasil já independente, argentinos e uruguaios entraram em guerra para expulsar os brasileiros, o que conseguiram, em 1828. Mais de 1 000 soldados do Brasil e centenas de argentinos e uruguaios morreram na guerra.

Publicidade