Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

De Maomé à Montanha

Mas ninguém deu muita bola para um mercador analfabeto que queria aposentar os 360 deuses adorados pelas tribos árabes no século 7.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h24 - Publicado em 31 Maio 2006, 22h00

Rodrigo Rezende

Maomé

Aos 40 anos, recebeu uma revelação do anjo Gabriel em pessoa: “Há um só Deus, Alá, e um só profeta, Maomé”. Captou a mensagem, montou em seu camelo e foi pregar aos povos do deserto. Mas ninguém deu muita bola para um mercador analfabeto que queria aposentar os 360 deuses adorados pelas tribos árabes no século 7. Maomé foi perseguido e só se tornou influente ao trocar a palavra pela espada e dar início à…

Revolução Islâmica

O movimento alcançou todo o território árabe e acabou com o qüiproquó entre as tribos nômades, que não paravam de lutar entre si. Em menos de 200 anos, expandiu o islamismo para mais da metade dos países conhecidos e revitalizou o mundo intelectual da Europa, então mergulhada no feudalismo. Foi nesse período que pensadores mouros traduziram os originais das obras de…

Continua após a publicidade

Aristóteles

Diferentemente de Platão, que vivia no mundo das idéias, Aristóteles tinha os pés tão plantados no chão que costumava escrever sobre ele. A tradução da sua obra Meteorologica ressuscitou questões como a origem dos terremotos. Dali em diante, cientistas procuraram uma resposta melhor que a do grego (segundo ele, a terra treme por causa do vento). O problemafoi resolvido no século 20 com a teoria da…

Tectônica de Placas

A origem do nome veio do grego tektoon, “aquele que constrói e destrói”. E tem tudo a ver com as placas subterrâneas em constante choque embaixo de nossos pés. A teoria, formulada na década de 1960, diz que esse choque é o principal responsável pela transformação da superfície terrestre. É ele que detona terremotos, faz vulcões entrar em erupção e cria novas formas de relevo, como uma ilha, um lago ou uma…

Montanha

E é exatamente entre duas placas tectônicas que fica o monte Safa, na Arábia Saudita. Uma vez, para provar a força da religião aos novos súditos, Maomé ordenou ao monte que viesse até ele. O monte não andou. Então Maomé disse: “Alá é misericordioso. Se Ele tivesse ouvido minhas palavras, a montanha iria cair sobre nossas cabeças”. Moral da história: se Maomé não vai à montanha, as placas tectônicas vão a Maomé.

Continua após a publicidade
Publicidade