Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Espigão : o meu é maior que o seu…

A incrível corrida para construir o prédio mais alto do mundo - somente para ser superado por um concorrente.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h20 - Publicado em 30 jun 2007, 22h00

Texto João Luiz Marcondes

Construir um prédio com 1 quilômetro de altura faz algum sentido? No Ocidente, a resposta é não. Arranha-céus estão fora de moda: são ecologicamente incorretos e correm o risco de ser derrubados por Bin Laden. Mas, no outro lado do mapa-múndi, a notícia parece não ter chegado. Construtores na Ásia e no Oriente Médio estão em plena corrida para ver quem ergue o espigão mais alto do planeta. A glória, porém, será efêmera.

A Coréia do Sul terá o prédio mais alto em 2008, com 580 metros e 130 andares. Ultrapassará o Taipei 101, de Taiwan, que reina desde 2004. No mesmo ano, os coreanos serão batidos pelo Burj Dubai, dos Emirados Árabes, 700 metros de tamanho. Este perderá para o Al Burj, prometido para 2010 no mesmo país: 762 metros. “É um xeque tentando derrotar outro”, diz Marshall Gerometta, editor do Emporis.com, site especializado em construção. Mas a tacada final virá do Kuwait. O Burj Mubarak al-Kabir (inauguração: 2011), terá 1 000 metros. Até que surja outro projeto, será esse o maior do mundo.

Publicidade