GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Stonehenge pode ter sido erguido 500 anos antes – no País de Gales

Monumento não teria sido construído originalmente em Wiltshire - e nem na época em que os pesquisadores acreditavam

Novas descobertas arqueológicas sugerem que o monumento pré-histórico de Stonehenge, no sul da Inglaterra, pode ter sido construído primeiro onde atualmente é o País de Gales, e ter permanecido lá por 500 anos até ter sido “desmontado” e arrastado para Wiltshire. Foram identificados vários buracos em Pembrokeshire, a 225 km da localização atual do monumento, que encaixam perfeitamente com a forma, estrutura e tamanho das pedras.

Os buracos datam de 3.400 até 3.200 a.C, enquanto Stonehenge só foi criada em Wiltshire por volta do ano 2.900 a.C. “O mais provável é que as pedras tenham sido utilizadas primeiramente em um monumento local, perto das pedreiras. Depois, foi desmanchado e arrastado até onde está agora”, diz Mike Pearson, professor da University College London, que lidera o estudo.

Leia também: Arqueólogos descobrem as origens de Stonehenge

O que conhecemos hoje como Stonehenge provavelmente é um “monumento de segunda mão”: o original estaria perdido. A princípio, imaginava-se que os arquitetos originais pegaram as pedras de um lugar próximo, por razões desconhecidas. Os estudiosos do assunto se dividem: alguns dizem que Stonehenge seria um templo religioso, outros, que seria uma fonte de conhecimentos astronômicos para os povos neolíticos.

O time de arqueólogos vai continuar a escavar as pedreiras de Gales em 2016, com a esperança de encontrar a obra inicial. “Se nós conseguirmos achar o monumento original no País de Gales, finalmente poderemos resolver o mistério de por que Stonehenge foi construída e por que