GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Energia solar. O mapa das novas forças

Este mês a ONU promove em Harare, capital do Zimbábue, na África, a Cúpula Mundial do Sol, dedicada à energia solar. Veja como os países estão se equipando para entrar no século XXI com fontes energéticas limpas.

Estados Unidos

Líder mundial de produção de energia geotérmica, que aproveita o calor do interior da Terra. Na Califórnia, métodos de conservação mantêm o consumo no nível de 1972, apesar de um aumento nacional de 19%. O gasto de eletricidade em geladeiras caiu pela metade. No deserto de Nevada será construída a maior usina solar do mundo. Em San Francisco, a energia eólica (produzida pelo vento) já abastece todo o consumo doméstico de eletricidade. Em todo o país, novas turbinas, mais eficientes, derrubaram o custo do gás.

Polinésia

Dezenas de milhares de casas, nas ilhas, usam energia solar

México

A região de La Ventosa, perto da Cidade do México, tem potencial para abastecer um terço da demanda elétrica do país usando a força dos ventos.

Colômbia

30 000 aquecedores solares já foram instalados.

Brasil

4,5 milhões de veículos (um terço da frota nacional) é movida a álcool, combustível menos poluente que a gasolina. O uso de painéis fotovoltaicos, para captar raios solares, está se expandindo na zona rural.

Noruega

50 000 casas possuem painéis fotovoltaicos para energia solar.

Dinamarca

3 600 turbinas de vento produzem 3% da eletricidade; no ano 2005, essa taxa subirá para 10%. Palha e resíduos agrícolas são usados para gerar eletricidade nas áreas rurai

Holanda

Projeto revolucionário do edifício do Banco ING, em Amsterdã, diminuiu em 90% o consumo energético

Alemanha

Maior produtor mundial de potência eólica: 1 000 megawatts instalados. O número de casas equipadas com teto solar está aumentando

Jordânia

26% das casas usam aquecedores solares de água

Quênia

A captação de sol abastece mais casas (20 000) do que a rede elétrica nacional (17 000).

Botswana

A cidade de Gabarone instalou 3 000 aquecedores solares e reduziu a demanda de eletricidade em 15%

Zimbábue

20 000 casas estão eletrificadas com energia solar.

Paquistão

Refugiados afegãos usam 10 000 fornos solares.

Israel

Em 1994, 900 000 aquecedores solares de água foram instalados.

Índia

Indústria de captação de vento é a segunda que mais cresce no mundo, com 500 megawatts já instalados. Os fornos de 200 000 casas e 100 000 postes de iluminação pública usam energia solar.

Rússia

Maior produtor mundial de gás natural, com reservas para atender todo o consumo mundial por sessenta anos. Enorme potencial para produção de energia eólica e solar.

Japão

80% das casas usam lâmpadas elétricas fluorescentes, mais econômicas. Mais de 5 milhões de edifícios possuem aquecedor solar de água. Há 100 milhões de eletrodomésticos movidos pela radiação do sol em uso.

China

A economia industrial de energia chegou a 45% em 1995. Até o ano 2000 serão produzidos 1 300 megawatts de energia eólica. A Mongólia tem potencial de ventos capaz de abastecer todo o país.