Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Como foi criada a Organização das Nações Unidas?

A ONU surgiu em 1945, como resposta a eventos trágicos da Segunda Guerra Mundial

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 23 out 2018, 19h10 - Publicado em 18 abr 2011, 18h56

A ONU surgiu como resultado de acordos feitos no final da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) entre as potências aliadas. “Soviéticos, americanos e britânicos desenharam o mapa político mundial do pós-guerra. A ONU seria a institucionalização desses acordos numa entidade política com poderes mundiais”, afirma o historiador Osvaldo Coggiola, da USP.

A ideia era que a organização ajudasse a resolver conflitos e obtivesse cooperação internacional para solucionar problemas econômicos, sociais e humanitários – objetivos semelhantes aos da antiga Liga das Nações, entidade criada ao final da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) que não conseguiu cumprir sua missão.

O início da ONU também não foi fácil. A União Soviética, por exemplo, exigia que suas repúblicas fossem admitidas como membros individuais com direito a voto. A Grã-Bretanha, por sua vez, buscava garantias de que suas colônias não seriam colocadas sob o controle do novo organismo. Mas, apesar dessas divergências, em 1945, uma reunião em São Francisco, nos Estados Unidos, com representantes de 50 países (incluindo o Brasil), preparou a versão final da Carta das Nações Unidas, que definia os princípios e objetivos da entidade.

O documento foi promulgado no dia 24 de outubro de 1945. Na Carta consta que a ONU se baseia na igualdade de seus membros e prevê que ela não intervirá em assuntos internos de qualquer país. Atualmente, a organização conta com 193 países membros e sua sede fica em Nova York, nos Estados Unidos. As últimas nações a entrar para o clube foram Sudão do Sul, em 2011, e Montenegro, em 2006.

Continua após a publicidade

Publicidade