Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Como são escolhidos os ganhadores do Prêmio Nobel?

A escolha cabe a quatro instituições. A Academia Real das Ciências da Suécia, entidade que promove pesquisas científicas, é responsável pelos prêmios de Física, Química e Economia. O Instituto Karolinska, uma grande universidade de Estocolmo, indica os ganhadores em Medicina. A Academia Sueca de Letras escolhe o vencedor em Literatura. E o Comitê Nobel Norueguês, […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h21 - Publicado em 18 abr 2011, 18h54

A escolha cabe a quatro instituições. A Academia Real das Ciências da Suécia, entidade que promove pesquisas científicas, é responsável pelos prêmios de Física, Química e Economia. O Instituto Karolinska, uma grande universidade de Estocolmo, indica os ganhadores em Medicina. A Academia Sueca de Letras escolhe o vencedor em Literatura. E o Comitê Nobel Norueguês, formado por pessoas indicadas pelo Parlamento daquele país, é quem entrega o prêmio da Paz. Essas instituições enviam formulários a cientistas, professores e outros intelectuais do mundo inteiro, pedindo que apontem candidatos aos prêmios. Depois das indicações serem feitas (até 31 de janeiro), dossiês sobre cada candidato são examinados por comitês de especialistas. Existe um comitê para cada área premiada e todos eles indicam, entre setembro e outubro, o melhor candidato em cada categoria. Os membros com direito a voto nas quatro instituições quase sempre aceitam as indicações dos comitês, mas também podem optar por outros nomes.

O anúncio dos ganhadores é feito até meados de novembro e a premiação ocorre em 10 de dezembro, data de nascimento de Alfred Nobel. Esse cientista sueco descobriu, em 1865, a receita química que resultou na dinamite. Apesar de ter criado o explosivo, Nobel sempre apoiou movimentos pacifistas e, em seu testamento, deixou parte de sua fortuna para financiar uma fundação apenas para premiar “pessoas que, durante o ano decorrido, tenham prestado os maiores serviços à humanidade”.

Publicidade