Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Os bichos cometem suicídio?

É clássica a crença de que alguns animais cometem suicídio. Muitas pessoas pensam que os escorpiões, quando encurralados pelo fogo, picam a si mesmos para abreviar o sofrimento e acabar com a própria vida. Outros acham que os lemingues se lançam ao mar num cinematográfico suicídio para abrir espaço para outras populações. “Essas crenças não […]

Por Redação Mundo Estranho
Atualizado em 22 fev 2024, 11h07 - Publicado em 18 abr 2011, 18h51

É clássica a crença de que alguns animais cometem suicídio. Muitas pessoas pensam que os escorpiões, quando encurralados pelo fogo, picam a si mesmos para abreviar o sofrimento e acabar com a própria vida. Outros acham que os lemingues se lançam ao mar num cinematográfico suicídio para abrir espaço para outras populações. “Essas crenças não têm nenhum fundamento. A evolução costuma selecionar organismos que tenham mecanismo de sobrevivência individual, não mecanismos de interrupção da vida”, afirma o etólogo (estudioso do comportamento animal) César Ades, da Universidade de São Paulo (USP).

Dessa forma, o suicídio enquanto morte intencional não faz sentido dentro de uma perspectiva biológica entre os animais irracionais. “Podemos dizer que o suicídio é uma prerrogativa do ser humano. A capacidade simbólica de que dispomos nos torna capazes de prever e de precipitar nossa morte”, diz Ades. O especialista, no entanto, faz uma ressalva: “É verdade que os animais podem expor sua vida – e mesmo perdê-la – em função de uma defesa da própria existência da espécie”. É o que ocorre com certos tipos de aves que, quando o ninho onde criam seus filhotes é ameaçado, se arrastam no chão, bem à vista do predador em potencial, simulando uma asa quebrada. Ou ainda o que ocorre com algumas espécies de aranhas encontradas na Austrália e na região do Mediterrâneo, na Europa, que se deixam ser devoradas pelos filhotes numa bizarra estratégia de perpetuação da espécie.

Parece, mas não é
Engana-se quem pensa que lemingues e escorpiões se matam

Picada por engano

Quando o escorpião é acuado num círculo de fogo, parece lançar o ferrão sobre o corpo, num aparente suicídio. Mas não é exatamente isso que ocorre. Nessas situações, o aracnídeo fica agitado com a alta temperatura ao seu redor e perde o controle de sua cauda, dando a impressão de que está tentando se picar. Mas o bicho morre mesmo é de desidratação por causa do calor.

Continua após a publicidade

Caindo no precipício

Os lemingues são pequenos roedores que habitam os penhascos da Escandinávia. Não passa de mito a história de que eles saltam no precipício quando há explosões populacionais, num movimento planejado para perpetuar a espécie. O que ocorre é que ao se deslocarem desordenadamente em bandos muitos indivíduos caem empurrados pelos que vêm atrás.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.