Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que o Capitão Marvel pertence à DC?

O herói, na verdade, nasceu em uma outra editora, no final dos anos 1930

Por Guilherme Ataíde - Atualizado em 17 abr 2019, 16h32 - Publicado em 18 dez 2015, 15h20

Porque o personagem surgiu antes de a Marvel Comics existir – e foi eventualmente comprado pela DC. O primeiro Capitão Marvel foi criado em 1939 pela finada Editora Fawcett. O nome do herói era uma contração da palavra “Marvelous” e seus poderes incluíam superforça e supervelocidade. Mas o que o tornou popular era o fato de o seu alter ego ser uma criança, Billy Batson, que se transformava no herói gritando “Shazam!”.

O Capitão Marvel ficou tão popular que, em 1941, a DC (que na época ainda se chamava National Allied Publications) processou a Fawcett, alegando que o herói era uma cópia do Superman, que foi criado em 1938. O processo durou 12 anos e levou a Fawcett à falência. Entre 1953 e 1973, quando a DC finalmente comprou os direitos do personagem, a Marvel Comics, fundada em 1939 com o nome de Timely Comics, já havia inventado o seu próprio Capitão Marvel e registrado o nome como título de revista. Isso obrigou a DC a publicar as histórias do seu Capitão Marvel, o original, em uma revista chamada Shazam!

capitao marvel

Crise de identidade

Veja as muitas encarnações de Marvel

Continua após a publicidade

Anos 40-50O Capitão Marvel da Fawcett

Anos 60 – Capitão Marvel da Marvel Comics

Anos 70 – A revista Shazam!, com o Capitão Marvel da DC

Hoje – Capitão Marvel da DC em uma nova revista Shazam!, de 2011

Continua após a publicidade

FONTES Livro Enciclopédia Marvel, organizado por Mark Beazley, Jeff Youngquist, e Matt Brady e revista Mundo dos Super Heróis

Pergunta do leitor – Murilo de Melo Rosa, Monte Carmelo, MG

Publicidade