Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que sábado é dia de feijoada?

Origem da tradição é, provavelmente, portuguesa

Por Yuri Vasconcelos
Atualizado em 22 fev 2024, 11h23 - Publicado em 18 abr 2011, 18h35

Hábitos nem sempre têm explicações precisas, mas o mais provável é que o costume de comer feijoada aos sábados (em São Paulo, também se come feijoada às quartas) seja uma herança portuguesa.

Os lusitanos não são apaixonados por feijoada como nós, nem há registros de que em alguma região de Portugal sábado seja dia de feijoada, mas sabe-se que a nossa feijoada é uma herança da feijoada trasmontana, prato típico no norte do país, e que os portugueses têm o costume de associar alguns pratos a dias da semana.

“Em Portugal, existe o hábito de comer cozido às quintas-feiras e aos domingos. Graças à colonização portuguesa, essa tradição também existe no Rio de Janeiro”, diz o historiador Caloca Fernandes, autor do livro Viagem Gastronômica Através do Brasil.

Além do cozido às quintas e domingos, os portugas comem peixe às sextas – efeito da tradição católica de evitar carne vermelha nesse dia. Esse hábito se repete em algumas cidades brasileiras como São Paulo e Rio.

Continua após a publicidade

Mas em outros lugares a coisa muda: na Bahia, sexta é dia de efó (à base de folhas), caruru (feito com quiabo), farofa de dendê e xinxim de galinha. Em São Paulo, os restaurantes populares que servem os famosos PF (pratos feitos) seguiram a moda portuguesa e criaram duas tradições: segunda foi reservada ao virado à paulista (arroz, bisteca de porco, mandioca, couve e feijão) e terça virou dia de dobradinha.

– De que parte dos animais vêm as carnes que comemos?

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.