Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Quando começa a vida?

Por Lorena Verli Atualizado em 4 jul 2018, 20h27 - Publicado em 18 abr 2011, 18h34
Feto

Há pelo menos quatro linhas de pensamento para essa questão (veja a tabela abaixo). Dependendo da opinião em relação ao início da vida, muda toda a lógica relacionada não só ao uso de células-tronco mas também a outras questões polêmicas, como o aborto.

LEIA TAMBÉM

– O que é gravidez psicológica?

– Como não engravidar se a camisinha estourar?

– Por que a mulher engorda na gravidez?

– Como funciona o teste de gravidez?

Democracia pré-natal Decidir quando a vida começa muda tudo em relação a questões polêmicas

Linhas de pensamento – Fecundação

Quando começa a vida? – Primeiro momento da gestação – entre 12 e 48 horas após a relação sexual – quando o espermatozóide penetra no óvulo

Opinião em relação ao aborto – Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte – Não aceitam este método anticoncepcional. Assim como a Igreja Católica, acreditam que esse medicamento mata uma vida ao impedir que o embrião se fixe no útero

Pesquisa com células-tronco – Contrários ao uso de células-tronco embrionárias em pesquisas medicinais, mas a favor da manipulação de células-tronco adultas

Linhas de pensamento – Fixação do óvulo no útero

Continua após a publicidade

Quando começa a vida? – Entre o sétimo e o décimo dia da gestação, quando o embrião se “aconchega” nas paredes do órgão, onde vai se desenvolver nos nove meses seguintes

Opinião em relação ao aborto – Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte – Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco – Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Linhas de pensamento – Formação do sistema nervoso

Quando começa a vida? – Por volta do 14º dia após a fecundação, quando o óvulo se torna um blastocisto e suas células começam a se definir: umas darão origem ao sistema digestivo, outras ao nervoso etc.

Opinião em relação ao aborto – Estas três correntes defendem que interromper a gravidez é um tipo de assassinato, pois coloca fim à vida de um ser humano. Por isso, acreditam que o aborto deve ser proibido e punido pela lei. A diferença é que os adeptos da primeira linha de pensamento crêem que interromper a gestação em qualquer etapa é aborto. As outras duas correntes consideram que só há aborto após a fixação do óvulo no útero

Pílula do dia seguinte – Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco – Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Linhas de pensamento – Pronto para sobreviver

Quando começa a vida? – Por volta do quinto mês de gestação, quando o embrião já tem todos os órgãos minimamente desenvolvidos, possibilitando que ele viva fora do útero

Opinião em relação ao aborto – Aceita o aborto. “Impedir que a mulher decida se quer ou não ser mãe não é uma atitude sensata”, diz o geneticista Walter Pinto, que defende esta corrente

Pílula do dia seguinte – Aceitam, porque a pílula do dia seguinte atua justamente impedindo que o óvulo se fixe no útero. Portanto, as três correntes acreditam que, com este método contraceptivo, a gestação é interrompida antes do início da vida

Pesquisa com células-tronco – Apóiam o estudo de células-tronco embrionárias, porque acreditam que, no momento em que essas células são manipuladas, ainda não há vida. Nos países onde essas pesquisas são liberadas, o embrião deve ser congelado até o quinto dia após a fecundação, ou seja, antes do início da vida, segundo as três correntes

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência, Mundo Estranho, Saúde
Quando começa a vida?
Há pelo menos quatro linhas de pensamento para essa questão (veja a tabela abaixo). Dependendo da opinião em relação ao início da vida, muda toda a lógica relacionada não só ao uso de células-tronco mas também a outras questões polêmicas, como o aborto. LEIA TAMBÉM – O que é gravidez psicológica? – Como não engravidar […]

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade