Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Ano de nascimento pode dizer a quais gripes você tem resistência

Cientistas descobriram que pessoas nascidas em certos anos, que tiveram um tipo de gripe, carregam um grau de resistência em comum

Por Marina Demartini, de Exame.com 18 nov 2016, 00h02

Cientistas norte-americanos fizeram uma descoberta que pode ajudar no controle de epidemias no futuro. Eles aprenderam como prever se uma pessoa será imune a certos tipos de gripe. Para isso, os pesquisadores só precisam saber a data de nascimento do indivíduo em questão.

Os autores do estudo analisaram os dados de 1.400 pessoas da Ásia e do Oriente Médio que tiveram dois tipos de gripe aviária: H5N1 e H7N9. Ambas, geralmente, são passadas de animais para seres humanos.

No entanto, recentemente, elas também demonstraram a capacidade de serem transmitidas entre pessoas. Isso, segundo os cientistas da pesquisa, revela que esses vírus podem se adaptar, o que poderia causaria uma pandemia.

O que chamou a atenção dos cientistas, no entanto, é que os dois vírus afetam faixas etárias bem distantes. O H5N1 infecta crianças e jovens, enquanto o H7N9 afeta adultos e idosos.

Ao investigar quem tem proteção contra esses tipos de gripe, os autores foram capazes de agrupar as variedades de vírus. Eles descobriram que pessoas nascidas em certos anos e que tiveram um tipo de gripe, carregam um grau de resistência em comum. Os cientistas chamam isso de “carimbo da infância”.

LEIA: A ciência descobriu a melhor dieta para a gripe (e as vovós já sabiam)

“Nossas descobertas mostram claramente que o ‘carimbo da infância’ dá forte proteção contra infecções graves relacionadas aos dois principais tipos de gripe aviária”, disse James Lloyd-Smith, coautor do estudo, em um comunicado.

Continua após a publicidade

Ainda não está claro se esse “carimbo” fornece imunidade forte o suficiente para prevenir a infecção. No entanto, ele reduz substancialmente o risco de morte, aponta o estudo. Além disso, pessoas nascidas em anos “protegidos” são muito menos propensas a ficarem doentes ou morrerem por H5N1 ou H7N9.

Quem nasceu antes de 1968 — quando ocorreu a pandemia da gripe em Hong Kong — é mais suscetível a esses tipos de gripe aviária. Indivíduos nascidos durante ou após esse ano estão mais em risco para diferentes tipos de gripe.

O estudo relata que os métodos utilizados durante a pesquisa poderiam ser usados por qualquer país para estimar quais grupos etários teriam maiores riscos de contrair uma doença grave. Segundo os autores, as projeções poderiam ser feitas com base em informações demográficas que já são coletadas por governos e agências de saúde pública.

“Essas descobertas desafiam o paradigma atual, em que toda a população estaria imunologicamente indefesa em uma pandemia causada por um novo vírus da gripe”, disse Katelyn Gostic, coautora da pesquisa, no mesmo comunicado. “Nossos resultados sugerem que deve ser possível prever distribuições etárias da infecção em futuras pandemias.”

Esse conteúdo foi originalmente publicado em Exame.com

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)