GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Ar

Jeno Raios

É perigoso injetar ar na veia de uma pessoa?

Depende da quantidade de ar e da velocidade com a qual ele é introduzido. Acima de 50 mililitros e injetado de uma só vez, se forma uma bolha na veia que caminha pelo sangue ate o coração. Os batimentos desse órgão não são suficientes para empurrar a bolha para a frente e ele realiza um movimento como se a estivesse mastigando. O sangue que chega ao coração não consegue passar a circulação pára acarretando a morte. Esse é um dos métodos usados para sacrificar animais após experiências em laboratório. Se os mesmos 50 mililitros forem injetados lentamente, formam-se centenas de pequenas bolhas que também viajam até o coração, mas prosseguem até o pulmão, danificando algumas arteríolas. Isso pode provocar tosse, falta de ar e dor no tórax, mas é só. “Por isso, os pacientes que tomam soro não precisam se preocupar com as bolhas de ar existentes nos tubos que o conduzem. Sua capacidade total é de 11 mililitros e, mesmo que eles estejam cheios de ar e o volume seja injetado com certa rapidez, não será suficiente para provocar algum problema”, tranqüiliza o cardiologista Miguel Nassif, da Universidade de São Paulo.