GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Cereja em calda é feita de chuchu?

Revelamos a verdade: a chuchureja não é teoria da conspiração

Você provavelmente já brigou para roubar chuchu da cobertura do bolo. Embora a maioria dos vidrinhos de cereja ao marasquino tenha a fruta de verdade, muitas padarias e confeitarias recorrem à réplica bastarda para driblar a sazonalidade e o preço da legítima. Além da textura adequada, o chuchu não tem personalidade: o sabor que você der ele aceita.

Como saber se você comprou chuchu a preço de cereja? A Anvisa só examina alimentos que representem risco alimentar, suspeitos de causar intoxicação ou que contenham algum ingrediente nocivo não especificado na embalagem. Não é o caso da cereja de chuchu.

No entanto, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, explica que vender um produto informando outra coisa é crime. Substituir cereja por chuchu pode dar até um ano de detenção e multa de R$ 3 milhões.

Para ter certeza do que está levando, cheque os ingredientes no rótulo. Se ainda assim você desconfiar, veja se a suposta cereja tem caroço. Se for do tipo desencaroçada, confira se as bolinhas têm a concavidade onde antes ficava o caroço. Ou então se delicie com seu pote de chuchurejas.

DE SAPO A PRINCESA
Como fazer chuchureja

1. Cozinhe o chuchu até ficar al dente. Em seguida retire bolinhas do legume com um instrumento chamado “boleador”.

2. Jogue as bolinhas em água com cal virgem culinária, que deixa a comida firme, mas macia. Desligue ao ferver e espere.

3. Despeje as bolas em calda quente de groselha. Deixe no fogo brando. Quando descerem, apague o fogo e retire-as da calda.

4. Jogue um copo de açúcar na calda e ferva-a. Despeje as bolas e apague o fogo. Quando a calda esfriar, acrescente o licor.

Fonte: Sueli Saraiva, culinarista.