GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como o sarin envenena o organismo

O gás venenoso que matou onze pessoas e intoxicou outras 5 500 num atentado terrorista ao metrô de Tóquio, Japão, no final de março, é uma das mais poderosas armas químicas conhecidas.

Bastam dez milionésimos do peso de um homem para matá-lo. Inalado, ou absorvido pela pele, o gás ataca a acetilcolinesterase, uma proteína associada ao envio de ordens entre os nervos e os músculos (veja infográfico abaixo). Com a linha de transmissão de mensagens bloqueada, os músculos começam a trabalhar desordenadamente, até a paralisia de órgãos vitais, como o pulmão e o coração.

Descoberto pouco antes da II Guerra Mundial pelo químico alemão Gerhard Schrader, o sarin está entre os três gases mais letais que atacam os nervos. E tem outro aspecto ameaçador: sua estrutura é tão simples que ele pode ser fabricado até por um estudante de química.