Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Estudo explica a lentidão dos antidepressivos

Eles demoram bastante para fazer efeito. E agora a ciência sabe por quê.

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
2 fev 2024, 14h21

Quando alguém toma um antidepressivo, ele cai na corrente sanguínea e logo penetra no cérebro, onde age de forma relativamente rápida: um ou dois dias após ingerir o primeiro comprimido, o remédio já está bloqueando a recaptação de certos neurotransmissores (principalmente a serotonina), elevando a quantidade deles no cérebro.

Só que a melhora da depressão demora muito mais: os medicamentos levam até dois meses para começar a funcionar. Por quê? Isso sempre foi um enigma. Mas, agora, um estudo da Universidade de Copenhague encontrou a possível explicação(1).

Os cientistas recrutaram 32 voluntários, que começaram a tomar um antidepressivo (escitalopram) ou placebo. Eles tiveram os cérebros escaneados duas vezes: logo antes do teste, e após um mês tomando os comprimidos.

O teste mostrou que, com o passar das semanas, o remédio ia aumentando a quantidade de sinapses (conexões) entre os neurônios – e é isso, não só o aumento da serotonina, que combate a depressão

Continua após a publicidade

Fonte 1. Effects of escitalopram on synaptic density in the healthy human brain: a randomized controlled trial. G Knudsen e outros, 2023.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.