Clique e assine com até 75% de desconto

Infecção pelo novo coronavírus pode causar também danos ao coração

20% dos infectados podem apresentar esse sintoma, segundo um novo estudo. E ainda não se sabe exatamente por quê.

Por Bruno Carbinatto 2 abr 2020, 18h05

Tosse, febre e dificuldade para respirar. A essa altura da pandemia, com certeza você já decorou os principais sintomas da Covid-19. Mas, à medida que o tempo passa e novos dados são disponibilizados, outros sintomas menos comuns vão sendo identificados. A perda de olfato, por exemplo, é um indício que foi recentemente catalogado como possível sintoma de Covid-19. Um outro, mais perigoso, está sendo desvendado só agora: a presença de danos nos tecidos do coração.

Segundo um estudo publicado semana passada que analisou os dados de pacientes infectados em Wuhan, na China, 20% dos infectados com Covid-19 apresentavam algum tipo de lesão cardíaca. Muitos deles não tinham doenças cardiovasculares anteriores, e só desenvolveram o quadro depois de serem infectados pelo vírus. Segundo os pesquisadores, o risco de morte nesse grupo foi quatro vezes maior do que em pacientes que não apresentaram tal sintoma. E quem já tinha condições cardíacas pré-existentes era ainda mais afetado: 70% dessas pessoas morreram.

  • Relatos semelhantes vêm aparecendo em todo o mundo. O jornal americano The New York Times reportou o caso de um homem que chegou ao hospital com sintomas típicos de um ataque cardíacos – mas, quando os médicos rapidamente agiram para desbloquear a artéria entupida, descobriram que não havia nenhuma. O homem foi diagnosticado com Covid-19 e, 12 dias depois, se recuperou da doença e voltou para a casa. Outro caso na Itália foi descrito por médicos em um artigo científico: o de uma mulher que desenvolveu miocardite, uma inflamação na parede do coração, por conta do coronavírus. A mulher não teve outros sintomas graves da doença, como dificuldade em respirar, e nem danos graves aos pulmões.

    Não é exatamente uma novidade que coronavírus causem danos ao coração em alguns casos – isso já havia observado em quadros de outras doenças causadas por vírus da mesma família, como a Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) e a Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Como o novo coronavírus é emergente e a preocupação principal dos médicos atualmente é salvar os pacientes com síndrome respiratória grave, não há tantos dados que nos permitam dizer até que ponto esse sintoma é comum nos quadros da Covid-19.

  • Também não sabemos exatamente o que causa os danos no sistema cardíaco. Uma hipótese é que ele seja causado não pelo vírus em si, mas pela resposta do corpo à ele (assim como a maioria dos sintomas da doença). Funciona assim: quando o vírus começa a infecção no corpo, nosso sistema imunológico responde atacando as células infectadas. Esse processo gera inflamação – os vasos sanguíneos dilatam para levar mais sangue e, com ele, mais células do sistema imunológico para o local.

    Acontece que, as vezes, esse processo pode causar mais mal do que bem, destruindo tecidos saudáveis e prejudicando o órgão. É isto que acontece nos pulmões durante casos graves de Covid-19, gerando pneumonia. É possível que a reação do corpo seja tão desenfreada que o processo de inflamação atinja também o coração – embora, novamente, não haja dados ou estudos para provar essa hipótese.

    Continua após a publicidade
    Publicidade