Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Qual é a diferença entre a dengue comum e a hemorrágica?

A dengue hemorrágica pode até matar e, com raríssimas exceções, só ocorre nos casos reincidentes da doença.

Por Maria Fernanda Vomero
Atualizado em 16 fev 2024, 11h11 - Publicado em 31 mar 2002, 22h00

Ambas são causadas pelos mesmos vírus do gênero Flavivirus, transmitidos pela picada do mosquito Aedes aegypti.

A dengue clássica, na maioria dos casos, não gera muitos sintomas além de febre e dores, pois os próprios glóbulos brancos – nossas células de defesa – são capazes de eliminá-la. Já a dengue hemorrágica pode até matar e, com raríssimas exceções, só ocorre com quem já pegou a doença antes.

Isso porque existem quatro tipos diferentes do vírus da dengue. Quem é infectado por um deles desenvolve anticorpos permanentes contra esse tipo específico, mas continua vulnerável aos demais.

Se surge uma segunda contaminação por uma versão diferente do vírus, a doença se torna muito mais violenta, porque os anticorpos produzidos contra um tipo de dengue facilitam a entrada de outros tipo nas células.

Mas o número exagerado de células de defesa aumenta também a quantidade de outras substâncias naturalmente liberadas durante o processo infeccioso, que acabam causando lesões nas paredes dos vasos sanguíneos”, diz o infectologista Luiz Jacintho da Silva, superintendente de Controle de Endemias da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo.

Continua após a publicidade

Como o vírus destrói as plaquetas – células sanguíneas responsáveis pela cicatrização –, esse sangramento interno (a hemorragia propriamente dita) não é estancado. Isso faz cair a pressão arterial, levando à insuficiência circulatória, que pode ser fatal.

Dengue Clássica

Sintomas
Febre alta, dor de cabeça, fadiga e falta de apetite, dores nos músculos, nas juntas e ao redor dos olhos. Manchas na pele e sangramentos leves também costumam ocorrer.

Continua após a publicidade

Tratamento
Resume-se a alguns cuidados para aliviar os sintomas. Os médicos geralmente receitam apenas antitérmicos para baixar a febre e soro fisiológico para reidratar o organismo.

Dengue hemorrágica

Sintomas
Os mesmos da dengue comum, mais sangramentos leves – na gengiva, por exemplo – e outros mais graves, como hemorragias gastrointestinal e intracraniana e derrames

Tratamento
Terapias contra insuficiência circulatória, como reposição de plasma. Deve-se evitar remédios à base de ácido acetilsalicílico (como a aspirina), pois podem provocar ainda mais sangramentos

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.