GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quando acordamos estamos mais altos do que quando vamos dormir

A causa é nossa coluna, que possui um tecido cartilaginoso, com consistência de gelatina

Acredite. É verdade.

As vértebras da coluna são separadas umas das outras por discos feitos de um tecido cartilaginoso que tem uma consistência parecida com a da gelatina. Logo de manhã, as vértebras estão bem arrumadinhas, empilhadas umas sobre as outras. Ao longo do dia, perdemos água com a urina e a transpiração e os discos vão lentamente se desidratando. A desidratação diminui o tamanho deles, como se fossem esponjas secando, e isso faz com que as vértebras fiquem cada vez mais juntas e as costas cada vez mais curtas.

Além disso, a tensão também vai rebaixando nosso tamanho. “A musculatura que segura a coluna ainda está relaxada quando acordamos”, explica o ortopedista Ronaldo Azze, da Universidade de São Paulo (USP). Durante o dia, o peso do corpo tensiona os músculos e esmaga a gelatina entre as vértebras. Quanto pior a postura do sujeito, mais tensos vão ficar os músculos e mais espremidos acabarão os discos intervertebrais. Por isso, quem não consegue manter a coluna reta tende a perder mais altura do que os que conseguem. Alguns vão dormir até 2 cm mais baixos do que na hora em que acordam.