Clique e assine a partir de 8,90/mês

Quando água é um veneno

Quem sofre de urticária aquagênica não pode nem sequer chorar - ou o rosto fica todo queimado pelas lágrimas

Por Tiago Cordeiro e Bruno Garattoni - Atualizado em 23 jan 2019, 16h57 - Publicado em 14 jun 2016, 17h15

AS 24 DOENÇAS MAIS RARAS (E ESTRANHAS) DO MUNDO
NÚMERO 11 | TODAS AS OUTRAS

Doença: Urticária aquagênica
Portadores: 35 (0,0000005%)

Um simples banho e a pele começa a ficar irritada, como se você tivesse tomado bastante sol. Se transpirar, o suor deixa o corpo inteiro coçando. Se chorar, as lágrimas queimam o rosto e deixam marcas vermelhas.

É o que acontece com a australiana Ashleigh Morris, de 26 anos, que tem alergia a água. Ela toma banho duas vezes por semana. “A dor é tão grande que eu choro. Depois de sair do chuveiro, a pele coça tanto que não consigo me vestir por duas horas”, disse ao jornal britânico Daily Mail.

Ashleigh é tão sensível a água que até bebê-la causa problemas: sua garganta fica irritada e coçando.

A doença foi identificada pela primeira vez em 1964, e tem base genética (uma mulher de 28 anos foi diagnosticada com a síndrome em São Paulo – e sua filha também).

Quem tem urticária aquagênica também costuma ter intolerância à lactose. Possivelmente porque ambas as condições envolvam mutações no mesmo grupo de genes.

PRÓXIMA DOENÇA: Síndrome da excitação genital persistente

Continua após a publicidade
Publicidade